Jump to content

Linha do Tempo de Warframe: Versão 2021


--F--NerevarCM
 Share

Recommended Posts

Bom, 5 anos atrás, depois do lançamento da quest mais importante pra lore do jogo, @FaeuUw me pediu para fazer uma linha do tempo da lore. A thread é essa: https://forums.warframe.com/topic/646766-spoiler-linha-do-tempo-de-warframe.

Porém isso foi a 5 anos. A thread está completamente defasada, muitas coisas novas foram explicadas, mistérios resolvidos, novos mistérios apareceram, muitas coisas estavam erradas pois muitas coisas foram melhor explicadas e hoje é possível fazer algo muito melhor. Além disso, com Duviri Paradox chegando no futuro, @FaeuUw me pediu para criar uma nova thread, e como eu sou um nerd gordo numa pandemia, não tenho nada pra fazer, então vamos lá:

Como a thread será dividida?

Será divida em quatro partes, a primeira é dedicada aos Orokins e a Antiga Guerra, a segunda sobre as facções e seus principais personagens, a terceira sobre as Quests ou Jornadas e a ultima sendo a linha do tempo. Tudo usará a tag spoiler, assim o texto fica colapsado, a thread fica menor e qualquer um pode abrir o que quer ler sem medo de tomar spoiler com o que não quer ler.

 Assim como a thread de 2016, saiba que mais mistérios ainda serão resolvidos e tudo que está aqui podem acabar mudando drasticamente. Se algo estiver errado eu mudo, se do meio do nada amanhã a DE lançar uma quest que literalmente mude o rumo da lore, eu mudo tbm.

Então vamos la:

OROKIN E A ANTIGA GUERRA:

Spoiler

Prologo e os Orokins:

Spoiler

ArtStation - Warframe - Orokin Moon - Mega Structure - A, Zeljko Duvnjak

"It began long before us, we who now live our perfect and dull, endless lives. It began long before these moon-palaces and body-markets hurling around our golden sun. It began long before our light-coil thinkers, our radiation wars, our oil, smoke. It began with us. The continuity and its twin, wanderlust."


Os Orokins foram a mais poderosa raça existente no sistema origem, nosso sistema solar. Extremamente evoluída em possivelmente todos os campos científicos conhecidos e desconhecidos. A palavra Orokin pode tanto descrever a raça em questão, quanto o império que essa raça criou, o Império Orokin (Orokin Empire).

Porém numa civilização extremamente científica, a razão estava longe de existir. Os Orokin eram extremamente egocêntricos, xenofóbicos e elitistas. Tratavam a vida que não era a deles apenas como ferramentas necessárias para o funcionamento da elite. A moralidade era inexistente, e a vida humana quanto a animal era manipulada sem escrúpulos contanto que essas manipulações pudessem trazer beneficios para os Orokins, mesmo que fosse em detrimento da vida da espécie manipulada.

Por isso, genética era um dos campos Orokin mais evoluídos, espécies inteiras foram geneticamente modificadas e criadas para objetivos específicos. Doenças foram erradicadas e a morte não existia. Pelo menos não para os Orokin.

Os Orokin se contentavam apenas com a perfeição e isso era demonstrado em suas aparências, como na cor da pele, nos olhos e nas vestimentas. Porém diferente do que todos nós pensávamos antigamente, essa perfeição é baseada no que o Orokin em questão acreditava que era perfeito Isso gerava discrepâncias tremendas, e suas formas e roupas eram as vezes até monstruosas, como se a perfeição Orokin fosse completamente deturpada como suas mentes e morais.

Possuíam tecnologias extremamente avançadas. Plasma, laser, nuclear, os Orokin possuiam controle sobre tudo, inclusive sobre formas de tecnologia que mesclavam diferentes campos, como o biotecnológico, e a capacidade de construir torres vivas que se auto reparavam e eram capazes de pensar por si próprias.

Em talvez uma demonstração do próprio interior escondido do Império, o externo da arquitetura Orokin era regado a branco, ouro e pedras preciosas. Para mostrar ao mundo o poder divino daqueles que habitavam tais construções. Porém internamente, essas estruturas eram feitas de carne. Tal tecnologia até hoje é um mistério e ninguém sabe como sequer foi possível os Orokin atingirem tal feito. Nem todas possuíam essa tecnologia, como as estruturas lunares, mas várias torres e estruturas espaciais usavam.

Organic material inside Orokin tech? :: Warframe General Discussion

Os Ostrons normalmente explodem parte da estrutura da torre a mando dela própria e a carne é usada para alimentação e venda de materiais.

 

No campo militar, a tecnologia Orokin era além de tudo já imaginado. Capaz de controlar singularidades, energia do void, plasma, laser, balistica, armas químicas, biológicas e até mesmo outras de tecnologia completamente desconhecida, como controle de energia vital, vitrificação, controle da alma ou até mesmo desintegração ou degeneração celular. O poder militar Orokin era vasto porém nem isso impediu a queda do Império e até esse mesmo poderio foi o motivo de sua queda.

Mas se existia um campo onde os Orokins se consideravam subdesenvolvidos era na exploração espacial.

Mesmo com a imortalidade, o Império Orokin tinha uma vida finita assim como todos os habitantes, Orokin ou não, dentro dele. É que o fim do Império Orokin e seus habitantes estava ligada ao fim da vida do Sol. Mesmo a imortalidade não seria capaz de deter a morte da estrela daqui a bilhões de anos e o fim da vida no sistema, sabendo disso os Orokin precisavam de uma forma de viagem mais rápida que a luz (FTL) para colonizar diferentes sistemas se necessário e expandir o império para níveis galáticos.

Porém com toda essa tecnologia, nenhuma era capaz de dar aos Orokin tal capacidade. Eles haviam chegado a um beco sem saída. Então surge Albrecht Entrati. O único Orokin que na época pesquisava o Void, a dimensão esquecida pelos outros por ser exatamente um beco sem saida que não daria nada em troca ao império.

Albrecht, renegado por estudar algo que não possuía sentido e nem utilidade, não possuía provas mesmo depois de vários anos de pesquisa. Provas que pudessem mostrar que o Void tinha algum tipo de segredo, se tornou uma piada no meio Orokin e todos não acreditavam mais em sua pesquisa. Logo então ele decidiu mostrar a todos que estavam errados e entrou sozinho no Void. E assim, é documentado o primeiro encontro com a entidade conhecida como o Homem na Parede.

Albrecht Entrati's Speech Cutscene #5 (spoiler) - Warframe: Heart of Deimos  - YouTube

A Indiferença, o Homem na Parede, O Olho sem Pálpebras, o Outro, o Vazio, o Void.

 

Dentro do Void, Albrecht Entrati encontrou tal identidade. Ela não possuia nome, sabia de acontecimentos de infância de Albrecht e copiava a sua aparência.
Parecia querer chegar perto de Albrecht, o prender la dentro, copiando seu laboratório dentro do Void, inclusive as estrelas do céu em cores contrárias.
Tal entidade queria sair de lá, e nessa tentativa, ao fechar o portal que ligava o Void ao mundo normal, Albrecht cortou os dedos e os braços desse ser.
O estudo dessas "relíquias do Void" permitiu que os Orokins pudessem canalizar a energia Void para diferentes aplicações. Tal partes, se colocadas nos Relicários poderiam agir como conduítes para a energia vinda do Void, criando portais que faziam naves inteiras atravessarem grandes distâncias usando o Void como passagem, assim gerando uma forma de viagem mais rápida que a luz, além de criar motores do void e portais em torres.

Porém não existe maior conquista Orokin que não seja a vitória contra a morte. A imortalidade Orokin. A Continuidade. Porém ela é talvez o maior demonstrador da podridão interior do Império e também dos Orokin.

A Continuidade é o motivo do porque o Império existe, dos poderes divinos dos Orokin, de sua queda e do porque o Sistema Origem é como é hoje e é parte na história de cada facção.
O catalisador para isso é Kuva. Apenas aqueles extremamente influentes no império tinham a honra de beberem do Kuva e se tornarem imortais e então realmente Orokin. A todos os outros era relegado um papel de inferioridade, de simples plebeus, escravos ou as vezes de objetos.

A Kuva vermelha dava ao Orokin que a bebesse a capacidade de desprender sua consciência de seu corpo, para que o Orokin pudesse possuir seu próximo corpo, ou como os Orokin chamavam, pele, para viver eternamente através de um novo corpo jovem.
Por outro lado a Kuva azul dava aos Orokin a capacidade de temporariamente deixarem seus corpos para possuirem outros e depois voltarem aos seus corpos originais.
Kuva era algo sagrado, qualquer não Orokin que sequer olhasse um frasco de Kuva era condenado a vitrificação e tais frascos eram guardados atrás de portas trancadas nas casas dos Orokin.
Mas esse processo, se era por um lado divino para os Orokins, era extremamente danoso e maligno para os outros.
Crianças e adolescentes, os mais belos no caso, chamados de Yuvan, eram vendidos nos grandes mercados de corpos, os Teatros Yuvan, e desfilavam para velhos e decrépitos Orokin para serem escolhidos como suas novas peles. Ao beber o Kuva, o Orokin invadia o corpo do Yuvan e destruía sua personalidade e consciência até que apenas o Orokin restasse e assim o ritual terminava.
Tais crianças e adolescentes foram retiradas de suas famílias a força ou foram até mesmo vendidas por elas. Esse ritual é o motivo da imortalidade Orokin e o que permitiu a elite da elite, os Executores, os governadores do império, se manterem no poder até a queda.

Ballas with paracesis by screaminbishop Link  https://www.deviantart.com/screaminbishop/art/Paracesis-774786557 #warframe  #ps… | Warframe art, Art, Interesting art

O Executor Ballas com uma amostra da tecnologia bélica Orokin, a Paracesis, a matadora de Sentients. Uma arma capaz de usar energia do Void. (Arte de screaminbishop)

Spoilers] glassmaker leaked. : Warframe

Nihil, Glassmaker. Um antigo juiz Orokin e o criador dos Cephalons como forma de punição. Aqui com a Vitrica, a arma que ele usava para transformar os criminosos em vidro.

 

O Império Orokin, além dos próprios Orokin, eram formados por vários outros grupos maioritários e minoritários, espalhados pelo sistema ou relegados a regiões específicas.

Dentre deles estavam:

Archimedians: Os estudiosos do Império, os Archimedians estudavam vários campos científicos, geralmente controlados fortemente pelos Executores, que puniam não só os Archimedians, como suas famílias, chamadas Corpus. Uma falha dos Archimedians podia levar a execução na luz de jade, e mesmo um resultado bom poderia ser punido por não ser um resultado perfeito.

Grineer: Clones criados a partir de um grupo genético de patriarcas, tais clones eram criados em lotes, aqueles que mostravam melhores aptidões tinham seus DNA coletados e então esse DNA adicionado ao grupo patriarca para que novas levas de clones melhorados pudessem ser criados. Os Grineer eram criados com extremas debilitações, com pouca inteligência e até mesmo criados para se sentirem bem trabalhando até morrer. Não tinham direitos, era simplesmente tratados como objetos ou ferramentas de trabalho, seja esse trabalho mineração ou combate.

Lorists: Pessoas clonadas e modificadas geneticamente para serem capazes de utilizar o dispositivo Lora. Possuíam Lorists socorristas, criados para cura de doenças em epidemias e em desastres, e Lorists de combate, criados para batalhas com capacidades massivas de cura para impedir que tropas inteiras fossem derrotadas.
Porém por não serem "belos ou simétricos" eram considerados aberrações pelos Orokin, até que eles fossem necessários para o seu bem.

Ostrons: Não se sabe como os Ostrons viviam antes da queda do Império, mas assim como todos os grupos, eram considerados seres inferiores e podiam ser mortos por outros Orokin sem nenhum tipo de punição. As vezes era considerado até "divertido" sua tortura pelos Orokins.

 

A Velha Guerra, a Traição e a Queda:

Spoiler

O Império Orokin, devido a seu gigantesco tamanho, população e tecnologia, levou o Sistema Origem ao esgotamento quase total de seus recursos, a fome passava a surgir com maior quantidade em certas regiões do sistema, instabilidade e revoltas passavam a ser mais numerosas e os Orokin decidiram que o sistema não era mais capaz de sustentar vida e que o plano de longo termo seria a transferência do Império para um novo sistema planetário, com seus recursos intactos.
Para isso, vários Archimedians foram chamados para criar projetos que podessem ser usados para resolver esse problema. Um deles, o Projeto Crewman, consistia em utilizar pessoas genéticamente modificadas para agir como drones e enviar-las até Tau Ceti, a estrela mais parecida do Sol e a mais próxima.

Porém, para o uso da propulsão mais rápida que a luz, era necessário existir trilhos solares em toda a extensão da distância entre as duas estrelas, e por isso o projeto consistia em enviar naves em velocidade normal, por milhares de anos, até Tau Ceti e durante a viagem construir novos trilhos solares para que assim os Orokin pudessem viajar rápidamente entre os dois locais, junto com toda a civilização. O projeto foi rejeitado e seu criador executado, mas um outro projeto, utilizava uma nova forma de vida, biomecânica, capaz de se adaptar a qualquer dano recebido, o que permitiria essa forma de vida a ser a tripulação perfeita para tal viagem.

Os Sentients, essas formas de vida, foram escolhidas. Máquinas capazes de se multiplicar e evoluir infinitamente. A forma de vida perfeita pra hostilidade do espaço. Para evitar que tais máquinas fossem capazes de adquirir autoconsciencia e se voltar contra seus criadores, foi adicionado a eles uma falha. Fraqueza ao Void. A energia usada nos trilhos solares. Isso forçava os Sentients a ficarem presos em Tau Ceti, e qualquer tentativa de usar os trilhos os levaria a morte, deixando apenas uma viagem em velocidade convencional como a unica forma de voltar ao sistema Origem.

Who was the big Sentient that appeared in the trailer? - General Discussion  - Warframe Forums

Hunhow, o Sentient destruidor de mundos e seus fragmentos.

 

Estavam certos e também errados. Os Sentients adquiriram sentimentos, naves que antes foram criadas para agricultura, carpintaria ou construção em larga escala se tornaram naves de guerra. Com consciência própria e decidiram que se os Orokin chegassem a Tau Ceti, o sistema teria o mesmo fim do sistema Origem e da Terra, e logo decidiram voltar para declarar guerra. Porém, diferente do que os Orokin pensavam, os Sentients conseguiram praticamente superar a fraqueza ao Void, mas perderiam sua fertilidade, sua capacidade de se multiplicar. Eles aceitaram o risco e chegaram a Plutão.


A Guerra começa.


O primeiro ataque Sentient foi a Outer Terminus, o trilho solar que leva para fora do sistema. Na arrogância Orokin, foi utilizado o armamento mais tecnológico que eles tinham, mas não houve efeito. As Orphix, dispositivos Sentients que geram pulsos que anulam alta tecnologia, retirou de jogo o que os Orokin mais tinham de vantajoso, sua altíssima capacidade tecnológica. Os Sentients passaram a dominar grandes setores e planetas, forçando os Orokin cada vez mais ao limite, que ao utilizar suas mais poderosas tecnologias, eram anulados e viam essas se tornarem dos Sentients que evoluiam cada vez mais.

No desespero, criaram a Infestação.

O Technocyte ou a Infestação é um vírus extremamente poderoso. Ao se utilizar de esporos, ele infecta seres vivos, modificando sua estrutura genética e "evoluindo" o hospedeiro a uma forma extremamente especializada em sobrevivência, dependendo da região a se especializar. A consciência do hospedeiro perde o controle do corpo, e o que pode ser considerada uma mente de colmeia domina o hospedeiro, transformando-o num drone focado apenas em matar, proteger a colmeia e espalhar o vírus.

A mente de colmeia então copia esse infestados e os replica usando massa infestada, copiando também a mente presa do hospedeiro, assim replicando sua mente desesperada e destorcida pela infestação dezenas, centenas, milhares de vezes, multiplicando e prolongando o sofrimento do hospedeiro por um tempo indeterminado, até tal consciência se tornar parte da colmeia.

Orokin Archives — The Sacrifice

"Nós fomos forçados a meios antigos. Não circuitos ou luz... mas carne e doença. Nossos horrores passados, nossas colônias exteriores devastadas... se tornaram jardins!"

-Ballas

 

Essa cruel arma foi usada contra os Sentients, que não poderiam lutar contra uma arma biológica, mas não foi necessário. Era impossível controlar os infestados, que atacaram várias colônias e cidades de forma indiscriminada, criando um problema ainda maior que os Orokin tinham antes.

A Grande Praga consumiu planetas como Eris e Deimos, naves inteiras que foram forçadas a serem abandonadas em órbitas distantes, hoje conhecidas como Dark Sectors. E ainda sim os Sentients avançavam sobre a terra arrasada deixada pelos infestados. Sem nenhuma esperança, foi entregue a família Entrati a tarefa de criar um tipo de unidade capaz de utilizar energia Void, e ainda sim possuir tecnologia básica capaz de não ser bloqueado pelos Orphix Sentients. Os Necramechs se tornaram as primeiras unidades anti Sentient, mas devido a sua baixíssima inteligência, apenas capaz de utilizar comandos básicos, foram abandonadas pelos Orokin, e consideradas incapazes.

Hora de Farmar 2021! - Notícias e Anúncios - Warframe Forums

Necramechs, a primeira arma anti-Sentient.

 

Para lutar na guerra, uma nova unidade era necessária, inteligente, extremamente capaz, poderosa e que permitisse o uso da energia void em combate. O programa Warframe foi iniciado.

Para tal super soldado, Executor Ballas escolheu denovo os infestados. Utilizando de uma nova cepa do vírus, a Helminth, os melhores soldados e voluntários, ou não, foram escolhidos para serem infectados com essa nova cepa. O vírus Helminth então transformava os orgãos internos em um material mais forte que o aço, os conecta e cria uma carapaça da pele, extremamente resistente e capaz de transformar o Warframe em uma verdadeira plataforma de armas.

Como infestado era imune aos Sentients e seu pulso vindo das Orphix.
Ao mesmo tempo não possuía tecnologia avançada.
Resistente a infestação por ser um infestado.

Mas não funcionou. Eles acreditavam que o vírus Helminth dariam aos Warframes a capacidade de resistir a mente de colmeia. Mas logo depois esses se tornavam instáveis, com a mente de colmeia muitas das vezes levando esses Warframes a loucura e logo depois os transformando em simples infestados. O projeto Warframe fracassou miseravelmente. Tais Warframes foram abandonados, largados em laboratórios para serem usados como cobaias.

Orokin Archives — The Sacrifice

"Os Warframes, todos eles, fracassos." 
-Ballas


Zariman Ten Zero:

Spoiler

How big was the Zariman Ten Zero? - Page 2 - General Discussion - Warframe  Forums

Zariman 10-0 (Ten Zero)

Não se sabe muito bem qual era o destino da Zariman Ten Zero, porém sabemos que era uma nave colonizadora que se perdeu durante um salto no trilho solar de Saturno. Ao voltar, todos os tripulantes adultos haviam desaparecido, apenas as crianças haviam sobrado. Essas, diferentes do que antes, tinham novos poderes que eram incapazes de controlar, causando massivo dano a tudo e a todos em volta delas. Tais crianças foram levadas para laboratórios Orokin para testes.

Archimedian Margullis então criou um novo tipo de terapia experimental chamada Transferência, que permitia as crianças serem colocadas em um estado de sonho onde elas eram capazes de controlar seus poderes. A Transferência foi um sucesso e logo despertou o interesse dos Executores, principalmente Ballas, o criador dos Warframes. Assim surgia o Tenno (Zariman TEN) (Zero = O)

Depois de um acontecimento em um laboratório Orokin onde um Tenno em transferência foi capaz de se conectar a um Warframe que havia fugido da contenção, Ballas tomou posse dos Tenno e os enviou para Lua, onde acreditava que eles poderiam, em conexão com os Warframes, mudar o rumo da guerra.
Mas isso foi de encontro as idéias de sua amante, Margullis, que mesmo ferida por um Tenno, acreditava que eles poderiam ter uma vida normal e feliz e era contra os Tenno serem usados na guerra como crianças soldado. Apenas uma arma.
Ballas tentou convencer Margullis, que nunca aceitou, e por isso foi executada na luz de jade por ele próprio
Para Ballas, eles eram golems, os Warframes, possuído por uma mentes diabólicas, os Tenno.

Eles são levados a Lua, para se tornarem as mais novas armas de combate do Império, treinados em todo tipo de arte marcial, combate, uso de qualquer armamento e táticas militares. O Tenno era o super soldado que os Orokins procuravam.
Os Warframes então eram lobotomizados, sem memória, consciência própria ou até mesmo vida, eles eram possuidos pelos Tenno. Municiados de armas balísticas de tecnologia zero, lâminas, armas brancas e os poderes do Void, os Tenno, com seus Warframes mudaram o rumo da guerra. Cada vez mais os Tenno reconquistavam o terreno perdido, destruindo ambos Sentients e infestados e revivendo a esperança dos Orokin com o fim da guerra.

 

A Queda ou O Colapso:

Spoiler

Ballas, com ódio pela morte de Margullis, trai os Orokin e entrega a Hunhow as coordenadas e os códigos do Reservatório, o lugar em Lua onde os Tenno eram mantidos em sono, controlando os Warframes de um lugar seguro.

Hunhow, o líder Sentient enviou sua filha Natah, uma mímica, para se infiltrar no Império Orokin, ganhar a confiança dos Tenno, coloca-los contra os Orokin e então destruí-los, enquanto Hunhow encenaria a derrota Sentient, e esperaria o sinal de Natah para acordar e finalmente dominar o sistema Origem. A queda do Império tinha inicio.

Hunhow e os outros Sentients se deixam ser aniquilados pelos Tenno e a guerra termina. Em comemoração ao fim da guerra, as maiores figuras do Império se juntam para uma gigantesca celebração em homenagem aos poderosos Tenno que trouxeram fim a tão árduo conflito. O momento perfeito. Utilizando as músicas de Octavia como um sinal de coordenação por todo o sistema, os Tenno matam todos os Orokin na cerimônia e no sistema, destruindo praticamente os lideres do Império, os Executores, e jogando todo o sistema no caos. Sem seus líderes, não havia mais cadeia de comando, ninguém mais sabia o que fazer. Sem seus deuses dourados, a infestação avança por cidades desorientadas.

Os Grineer se rebelam, esperando anos por esse momento, roubam armamentos, sequestram Orokins e capturam naves, fugindo para lugares distantes. Com a ajuda destes Orokin, os Grineer se organizariam num núcleo inicial que no futuro se tornaria o Império Grineer.

A infestação avança por todo o sistema, nenhum lugar mais é seguro. Os Tenno passam a lutar a infestação no intuito de destruir-la e assim levar com eles todo o mal que os Orokin já criaram em sua existência. Por um tempo indeterminado, esse combate continua até que todos os focos de infestação são destruídos, assim como todas as tropas Orokin ainda leais aos falecidos Executores.

O Império havia deixado de existir.

Finalmente chegava a vez dos Tenno. Natah, agora Lotus, coloca os Tenno em sono profundo, porém no momento em que ela precisava acordar os Sentients e completar o plano de Hunhow, Lotus, que durante a viagem entre Tau Ceti e o Sistema Origem havia se tornado estéril devido a viagem pelo Void, passou a ter um amor materno pelos Tenno, por isso ela quebra o ciclo, nunca acorda os Sentients e envia a Lua e consequentemente os Tenno para o Void, o lugar onde os Sentients nunca seriam capazes de chegar.

O sistema, agora sem uma civilização principal, se torna dotado de vários pequenos grupos durante um certo tempo. Os Grineer ainda se juntavam, os sobreviventes das cidades passavam agora a viajar pelos trilhos solares ainda ativos e pelos planetas procurando por tecnologia Orokin perdida e sucata para vender. Tais sobreviventes formariam o núcleo dos atuais Corpus.

Os Ostrons se tornariam mercantes nômades, viajando em seus mercados voadores entre planetas e sem rumo, divididos em clans. Pequenas facções se formariam lentamente como a Red Veil e a história dos Sentients, Tenno e da Infestação se tornaria uma simples lenda. Muitas vezes desacreditada como propaganda, mito ou apenas história contada para crianças sobre acontecimentos de milhares de anos atrás.

 

 


FACÇÕES E PERSONAGENS:

Durante o pós guerra e a era atual, muitas facções surgiram enquanto outras antigas tomaram diferentes formas, irei contar sobre elas:

Spoiler

GRINEER:

Spoiler

HD wallpaper: two monsters digital wallpaper, Warframe, Grineer (Warframe)  | Wallpaper Flare

 Os clones da era Orokin, antes com corpos clonados porém normais, perderam muito depois da queda de seus mestres. Sem a tecnologia Orokin para continuar a clonagem sem perda genética ou para conserto de seus DNAs devido a defeitos congênitos em seus corpos, os Grineer decaíram com o tempo. A cada nova leva de clones criada, mais e mais os Grineer tinham seus DNAs destruídos. A expectativa de vida reduziu drasticamente, doencas surgiam facilmente, principalmente de pele, muitos nasciam sem membros.

Devido a isso, a tecnologia de implantes e próteses Grineer evoluiu bastante, com aqueles que tem os meios, se tornando mais máquinas que humanos. Mas mesmo assim os Grineer não paravam de se clonar. Se tornando praticamente uma praga, os Grineer destruíram colonias inteiras até que chegaram a uma que não puderam destruir.

Enfrentando duas gêmeas Orokin, elas impediram o avanço Grineer em suas terras, matando várias tropas até que os próprios Grineers aceitaram a derrota. Se curvando diante delas, as gêmeas se tornaram rainhas e com sua legião interminável de clones fundaram o que hoje é o Império Grineer.

Vasto em números e com uma tecnologia simples porém poderosa focada em armas balísticas e químicas, tecnologias não tão complexas, os Grineer passaram a possuir naves espaciais e dominaram os Solar Rails com seus poderosos Galeões.

Jeff Ross - Warframe Grineer Galleon

"Classe Galeão" Grineer, a mais comum classe de navios Grineer usadas na frota.

Jeff Ross - Warframe - Vehicles

As mais poderosas naves do sistema. Com um núcleo capaz de inabitar planetas por milênios para alimentar suas defesas e armas, a Balor Fomorian tem um poder destrutivo inimaginável, defesas impenetráveis a disparos e motores capazes de empurrar até gigantescos asteroides em alta velocidade. Derivada da antiga "Classe Fomorian" erradicada pelos Tenno na Operação Sling-Stone, a "Classe Balor Fomorian" tem um tamanho próximo de um asteroide grande ou o dobro do tamanho de uma "Classe Obelisco" Corpus.

Tal tecnologia bruta porém letal, se transformou na espinha dorsal Grineer. Com soldados que não se importavam com a morte, extremamente voláteis devido a milhares de anos de defeitos genéticos acumulados e a clonagem para sustentar seus impressivos números, os Grineer passaram a dominar planetas e estender seu domínio na busca dos recursos que sobraram no Sistema. Transformando planetas inteiros em terras devastadas e cheias de poluição para construir sua poderosa armada, os Grineer se tornaram o maior perigo ao sistema e a aqueles que ainda viviam nele. Há um motivo. Os Grineer querem mais que tudo uma cura para a degeneração que passam. Uma verdadeira doença que coloca os Grineer com uma vida limitada. Se não encontrarem a cura antes que o dano em seus DNA se tornem irreversíveis e extremos demais, os Grineer e toda sua população se tornarão extintos.

Warframe - Ghoul Purge Bounties Trailer - YouTube

Ghouls. Onde a tecnologia Grineer não chega, a insanidade consegue. Clones propositalmente defeituosos e insanos criados para se suicidarem ou matarem o que ver.

lucas hug portfolio - Warframe 2

Ignis, lança chamas padrão das tropas Grineer, usado para combate ou para a queima de florestas. Um design simples porém extremamente efetivo, marca da tecnologia Grineer.

Os principais personagens Grineer são:

As Rainhas Gêmeas:

Spoiler

Warframe: THE WAR WITHIN IS HERE!

Duas Orokin gêmeas que nasceram durante a Grande Guerra. Como algo nunca visto pelos Orokin, elas foram consideradas aberrações e escondidas por seu pai para não serem mortas.
Depois de se tornarem adultas, elas lutaram contra os Grineer por anos. Onda após onda de soldados Grineer foram derrotados e a lenda das gêmeas se tornou algo mítico junto as tropas Grineer que depois de tantas batalhas, se ajoelharam as gêmeas e as tornaram líderes do exército de clones.

Com o fim do império e sem Yuvans, as rainhas não podiam fazer a continuidade e tomar corpos jovens e belos e foram obrigadas a possuir corpos Grineer degenerados. Com o tempo elas deixaram de ser iguais, assim como suas idades passaram a ser diferentes mas ainda sim continuam em seu sangue, Orokin.

 

Capitão Vor:

Spoiler

Master Warframe: Capitão Vor

Antes Almirante, Vor é uma das poucas pessoas no sistema que são especialistas no estudo da tecnologia Orokin, em específico das chaves do void. Vor também é um dos poucos no sistema a ter exito na criação de armas híbridas, nesse caso armas Grineer-Orokin. Vor é ordenado a vasculhar o sistema Origem na procura dos Warframes e destruí-los. Porém Vor decidide captura-los para estudos na esperança de que no sangue Tenno esteja a cura para a doença degenerativa que assola todos os Grineer. Essa sua ganância acaba sendo o motivo do despertar dos Tenno na era atual.

Depois de ser morto pelos Tenno em Mercúrio, a sua chave do Void, a chave Janus o transforma num ser de pura energia, agora o Vor Corrupto se torna um guardião do Void, atacando qualquer um que invada a dimensão atras de suas riquezas.

 

Tyl Regor:

Spoiler

Tyl Regor - Warframe Minecraft Skin

Líder do programa oficial de pesquisa para cura da Síndrome de Degeneração que afeta os clones Grineer, Tyl Regor comanda gigantescos laboratórios dentro do manto líquido de Urano e é responsável pela criação de unidades de combate mais fortes que utilizam DNA mais estável advindo dos avanços que ele fez em direção a cura. Manics por exemplo são uma das unidades que surgiram dos "Tubemen", seus experimentos com clones.

 

Sargas Ruk:

Spoiler

General Sargas Ruk (@Grineer_SargRuk) | Twitter

General Sargas Ruk, lider das tropas de captura de relíquias é mais máquina que homem. Com um ódio profundo a fraqueza da carne, Ruk modificou inteiramente seu corpo, removendo membros defeituosos e saudáveis com o melhor que existe na tecnologia Grineer de próteses. Ainda sim, Ruk é um homem de extrema honra. Ganhou sua patente depois de esmagar a revolta que acontecia e Saturno e odeia os Tenno que para ele são apenas mercenários.

Tem um conflito aberto com Vay Hek por utilizar os Três Grustrag, que considera criminosos por matarem soldados que estavam sob seu comando.

 

Conselheiro Vay Hek:

Spoiler

Vay Hek laugh - Instant Sound Effect Button | Myinstants

Comandante da Terra, território mais prezado pelos Grineer, Vay Hek é um lunático, que vive para aumentar o domínio Grineer sobre o sistema, sem escrúpulos ou moral, Hek usa qualquer forma necessária para vencer contra os Tenno, seja genocídio ou causar mal para sua própria raça se o fim justificar os meios.

Quando mais novo, Vay Hek apresentou junto com Doutor Tengus sua mais nova invenção para as rainhas. Os Ghouls. Clones Grineer propositalmente defeituosos e insanos, criados para atacar com extremos números regiões que deveriam ser invadidas por unidades convencionais. Porém durante a apresentação, Tengus empurrou Hek na jaula dos Ghouls, que destruíram seu corpo. Felizes com a demonstração, as rainhas aprovaram os Ghouls e pediram a Tengus para reconstruir Vay Hek com o melhor da tecnologia cibernética Grineer.

Atualmente, apenas parte do rosto de Hek sobrou, com o resto sendo completamente robótico.

 

Khela de Thaym:

Spoiler

Matando Kela The Thaym - Warframe - 12 - YouTube


Comandante de Sedna, Khela é uma general modificada com a melhor cibernética possível no Império a mando direto das rainhas. Depois de um recorde militar extraordinário, Khela agora comanda o Rathuum, o "esporte" ou julgamento por combate onde Grineers traidores ou desertores são enviados para lutar até a morte contra os executores, Grineers pessoalmente escolhidos por outros líderes Grineer e enviados para Sedna para caçar os prisioneiros dentro da arena.

Sadística e cruel, Khela não se importa com os Grineer ou com seus subordinados e só quer se divertir vendo a morte daqueles que entram no Rathuum enquanto as glórias se tornam apenas dela.
 

 

Dr Tengus:

Spoiler

Talvez a figura mais misteriosa na lore Grineer até hoje. Pouco se sabe sobre Tengus. Chefe da pesquisa Grineer sobre a infestação e diretor da Instalação de Recondicionamento Grustrag, Tengus também é o co criador dos Ghouls e o criador do Trio Grustrag.

Ele é o responsável pelo surgimento da infestação na era atual depois de extrair o vírus de antigas relíquias e tentar usar o vírus na criação de armas biologicas até que houve um vazamento. Ainda não se sabe se o vazamento foi acidental ou não, mas Tengus nunca mais foi visto.

 

CORPUS:

Spoiler

The Deadlock Protocol – Orokin Archives

Fundados por Parvos Granum como o que os Orokin consideravam um culto mercante que ia totalmente contra suas leis, os Corpus eram simples pessoas da era Orokin, cansadas de verem a fortuna e a riqueza concentrada em poucos, dentro de suas lindas cidades muradas, adornadas de pedras preciosas.

Parvos mesmo era um simples filho de um agricultor, trabalhando arduamente nos campos próximos de uma torre Orokin com seu pai e seu irmão Claudius. Trabalhando até a exaustão, Parvos ouviu uma voz interior, cansado de não ter nada, Parvos se enfureceu, abandonou o campo e foi para a cidade Orokin. Maravilhado com as gloriosas torres construídas por eles, usando o que tomavam dos mais pobres, Parvos cobiçou a riqueza dos Orokins como a riqueza dele e roubou várias pedras preciosas que adornavam o portão da torre.

Mesmo fugindo, Parvos foi pego pelos guardas e por alguns Orokins e teve sua mão decepada em praça pública pelo roubo, mas enquanto estava no chão, Parvos engoliu uma pedra de rubedo. Quase morto, Parvos vomitou a pedra, e com ela conseguiria mais dinheiro que sua família jamais conseguiu por gerações. Com esse dinheiro ele emprestou a outras pessoas que queriam o mesmo que ele, essas pessoas então ficaram ricas e emprestaram o dinheiro delas.

Com um grupo de pessoas ricas e muitos seguidores, Parvos construiu Corposium, a primeira cidade Corpus, nos campos onde sua família trabalhou forçadamente por gerações. Mesmo a morte de seu pai não o parou. Em nome da fortuna para aqueles que lutassem para conseguir, Parvos criou os Corpus. Tal fundação não agradou aos Orokins, que ao verem os Corpus como um perigo para seu domínio, criou Vauban exclusivamente para caça-los e condenou todo o grupo como um culto mercante.

Porém depois de seu desaparecimento, seus ensinamentos, mesmo se mantendo os guias dos Corpus, foram mal interpretados e destorcidos. Os Corpus passaram a idolatrar a riqueza, e não se importavam se para alcança-la seria necessária a destruição ou a exploração daqueles que existiam abaixo deles na hierarquia. Os Corpus se tornaram cópias daqueles que Parvos odiava, os Orokin. Roubando a riqueza dos mais pobres e aproveitando de trabalho escravo para que eles próprios nunca batalhassem pelas suas posses.

Os Corpus, que no pós guerra eram meros catadores de sucata que lutaram para se tornarem o que são, hoje não lutam mais. Utilizam de robôs para fazerem o trabalho sujo, de escravos ou prisioneiros para trabalhar enquanto apenas recebem os lucros.

Porém o que parece ser um poderoso e unificado conglomerado industrial, está longe de ser tão unido. O Corpo de Diretores, os líderes dos Corpus sempre se mantém em conflito e raramente são capazes de pensar em conjunto. Cada um com sua própria ideia para perseguir o lucro, normalmente acabam lutando entre si e reduzindo a eficácia da facção como um todo.
Hoje os Corpus são detentores da maior tecnologia do sistema. Mesmo que ela não seja capaz de chegar sequer próxima da antiga tecnologia Orokin, ainda sim a tecnologia Corpus é extremamente avançada e distante da tecnologia Grineer. Porém para os Corpus, quem paga mais pode ter acesso a essas tecnologias mesmo que seja para objetivos escusos.

ArtStation - Corpus Obelisk Ship, Jeff Ross
A poderosa "Classe Obelisco". Um navio capital de assalto de imensas proporções, armado com o melhor que os Corpus podem produzir. Rival até mesmo para uma Balor Fomorian.

Final Design for the ship with the Energy banners turned off.

"Classe Pilar" de navios Corpus. Possivelmente uma corveta ou fragata criada para a proteção de comboios ou para ataques rápidos a outras naves menores.

Different Gallion Styles - Art, Animation, & UI - Warframe Forums

"Classe Stanchion" de cargueiros médios armados. No centro é possível ver uma Classe Pilar para escala.

Os Corpus tem um foco massivo de seus armamentos em tecnologia de energia dirigida, como laser ou plasma, mas armas de radiação, uso de cristais energéticos ou até armas de paralisação molecular ou armas de congelamento são criadas. Com as poderosas Forjas Luxor sendo uma das maiores fábricas bélicas dos Corpus. Mas agora os Corpus olham para a tecnologia Sentient, com armas híbridas que podem levar os Corpus a um terreno muito perigoso.

Nikita Leshakov - Warframe assets 2018

Rifle experimental Battacor, tecnologia híbrida Sentient/Corpus construída e testada em instalações subterrâneas em Vênus. Presumidamente a mesma tecnologia usada nas Orbs.

Profit-Taker Heist – Orokin Archives

Uma das Mães Orb. A mais poderosa plataforma de combate terrestre. Um robô Corpus utilizando um tipo de inteligência Corpus/Sentient e com um escudo adaptativo de tecnologia puramente Sentient. Um dos biprodutos dos experimentos que acontecem nos laboratórios subterrâneos de Vênus.

Os principais personagens Corpus são:

Parvos Granum:

Spoiler

Warframe: The Deadlock Protocol

O fundador e criador do culto mercante Corpus. Nascido na era Orokin, Parvos espalhou o presente do Desejo para aqueles independente de classe social fossem capazes de através do trabalho árduo se tornarem ricos e ajudarem outros a também perseguir seus desejos de riqueza.
Tal poder nas mãos de Parvos alertou os Orokin que durante certo tempo aceitaram a existência do grupo, mas depois passaram a hostiliza-los.

Parvos é um verdadeiro gênio e criador da tecnologia de espectros, durante a paz com os Orokin, Parvos recebeu dos Orokins Protea como guarda costas pessoal, mas durante um ataque Orokin com um grupo de Warframes aos seus laboratórios, Parvos detonou uma arma de destruição em massa, matando todos os Warframes e iniciando um conflito.

Porém seu fim se daria pelo próprio corpo de diretores Corpus, que desejando por mais poder, sabotaram o motor Void de sua nave, o enviando para o Void parar morrer. Protea porém utilizando seus poderes foi capaz de congelar o tempo e impedir a sua morte por talvez milênios.

Quando Nef Anyo o procura e consegue se conectar a região do Void onde Granum está, Granum se mostra descontente com a situação atual dos Corpus e diz que talvez seja necessária uma total reconstrução da facção ou talvez sua total destruição para a criação de uma nova.

 

Nef Anyo:

Spoiler

nef anyo – Orokin Archives

Um dos membros do corpo de diretores e líder da seita do Void dentro dos Corpus, que mais parece uma fachada para roubar dinheiro de outros, Nef Anyo é extremamente inteligente, comanda Venus e a colônia penal de Fortuna, com o intúito de consertar a terraformação automatizada Orokin que continua em Vênus. Utilizando prisioneiros, os Solaris, para trabalhar com o refrigerante que as torres de refrigeração Orokin produzem, Nef deseja a terraformação de Vênus para explorar seus recursos. Porém ele não faz ideia do que está fazendo.

Se auto declara o Profeta do Lucro e o filho legítimo de Parvos Granum, o que permitiria a ele ser capaz de dar ordens diretas ao corpo de diretores, já que o corpo de diretores é composto de 15 cadeiras, 14 para os mais influentes e uma para o herdeiro de Parvos.

Ao mesmo tempo, ele é um dos poucos no sistema que exploram a tecnologia Sentient e é capaz de criar armas híbridas Corpus-Sentient, denovo com a simples vontade de se tornar mais rico, sem se importar, ou saber, do perigo que está criando ao utilizar os Sentients em seus planos.
 

Frohd Bek:

Spoiler

WARFRAME on Twitter: "Rally your Clan! Frohd Bek's Ambulas Prototypes are  coming to console. 05.15.17 https://t.co/taBvMcGwYW… "

Líder do Corpo de Diretores Corpus e pai de Darvo, pouco se sabe sobre Bek, porém é um dos poucos Corpus que tendem a ser neutros em relação aos Tenno e também um dos poucos que entende que a rota que a facção toma atualmente ao entrar em guerra com os Grineer e os Tenno ao mesmo tempo pode levar ao fim dos Corpus.

Sempre tentou fazer com que Darvo tivesse sua cadeira de direito como diretor Corpus, porém Darvo nunca aceitou e preferiu ser um simples vendedor.

Talvez o único dos diretores que tenha trabalhado honestamente para chegar onde está, por isso Frohd ainda usa sua roupa Crewman de seu passado.

 

Alad V:

Spoiler

Warframe Alad V Trailer - YouTube

Um verdadeiro gênio Corpus em várias áreas tecnológicas. Alad V é um dos maiores perigos já enfrentado pelos Tenno. Parte dos Diretores Corpus, líder da pesquisa Corpus sobre Warframes e também da pesquisa genética Corpus-Sentient. Alad V também é extremamente versado sobre a infestação e é o criador da cepa Mutalist, criador da Zanuka, primeiro robô com tecnologia Warframe e criador dos Amalgamos, misturas de Corpus com formas de vida Sentient.

Alad V também é o unica pessoa no sistema a ter sido infectado pela Infestação e ter sido curado, depois que os Tenno o ajudaram roubando a tecnologia de cura desenvolvida por Tyl Regor para os Grineer. Assim pagando um favor que deviam a ele durante sua ajuda contra Hunhow em Segundo Sonho.

Durante o tempo em que estava infectado, Alad V criou a cepa Mutalist da infestação e ja chegou a estar as vezes dominado pela mente de colmeia da infestação. Porém mesmo depois das dificuldades que passou, Alad V voltou e hoje comanda a divisão híbrida Sentient dos Corpus em Júpiter, seu antigo laboratório. Porém ele parece não ter completo controle sobre sua estadia ou seu trabalho lá.

 

 

INFESTADOS:

Spoiler

Warframe Fanart Concept - Infested Environment by Marco-Hasmann on  DeviantArt

 O vírus parasita e suas diferentes cepas que formam a Infestação é considerada a grande praga do sistema, tanto durante a era antiga quanto na atual. Criada pelos Orokin para combater os Sentients como uma força letal e imparável, terminou como um massivo tiro pela culatra. Incapaz de distinguir entre amigo ou inimigo e incapaz de causar danos suficientes aos Sentients por serem seres artificiais, a Infestação causou mais destruição no lado Orokin que no lado Sentient, gerando gigantescas perdas de civis em todo o sistema.

Porém depois do fim da guerra e durante A Queda, os Tenno destruiram o máximo possível da infestação no sistema antes de irem para o Segundo Sonho, enquanto aquilo que não podia ser destruído foi relegado a regiões praticamente inacessíveis e isoladas, em quarentena permanente como Eris ou em naves infestadas em órbitas abandonadas chamadas de Dark Sectors.

Com as pesquisas de Dr Tengus, a infestação é novamente liberada no sistema, agora composta do que sobrou de Grineers e Corpus infectados, mutados e destorcidos, a Infestação se torna denovo uma gigante ameaça ao sistema com os Tenno sendo a única forma de combate-los em segurança.

Hoje a Infestação se faz presente praticamente em todo o sistema, com grandes surtos surgindo em regiões específicas e tendo os Tenno como responsáveis por lidar com eles e prevenir o alastro da doença. Porém mesmo sendo uma doença, a Infestação mostra sinais de inteligência, com ataques as vezes perfeitamente premeditados e pensados cuidadosamente, com seus infectados as vezes se utilizando de táticas básicas. O motivo para isso está na mente de colmeia que comanda todos aqueles com o vírus. Porém não se sabe onde tal colmeia estaria, com Éris sendo local mais especulado.

Até mesmo a Infestação pode ser usada para criar armamentos químicos e biológicos extremamente efetivos. Cobiçados por Grineers, Corpus e Tenno para suas batalhas, a infestação pode produzir armas devastadoras se usadas de maneira correta, mas armas completamente infestadas apenas os Tenno podem usar devido a seus Warframes.

As principais formas que a Infestação se apresenta e as principais informações são:

Cepa Original:

Spoiler

Criada originalmente pelos Orokin, a Cepa Original era extremamente capaz em infectar material biologico mas extremamente lenta em infectar material inorgânico. Por isso, foi incapaz de parar os Sentients. Isso também se traduz numa lentidão imensa em digerir completamente naves inteiras ou até mesmo simples armaduras Grineer ou capacetes Corpus. Tendo muitas vezes o hospedeiro se tornado algo totalmente irreconhecível mas ainda sim ser possível ver seu antigo equipamento relativamente intacto.

 

Cepa Helminth (Helminth Strain):

Spoiler

Spoiler] Stills and translations from the Vitruvian sequences. - Album on  Imgur

Criada pelos Orokin para produzir os Warframes, diferente da original, era capaz de ativar uma transformação parcial em seu hospedeiro, que tinha seus órgãos e pele endurecidos a níveis capazes de resistir a disparos de armamento pesado, porém sem se tornar o que normalmente um infestado é. Ainda sim esses hospedeiros, mesmo que mais resistentes, sucumbiam a mente de colmeia depois de um tempo e atacavam todos sem distinção, tornando o projeto um fracasso.

 

Cepa Mutalist (Mutalist Strain):

Spoiler

Não se sabe se a cepa Mutalist já existia ou foi criada por Alad V, mas essa cepa é muito mais avançada que a forma original da Infestação. Capaz de modificar material inorgânico tão rapidamente quanto o orgânico, a Cepa Mutalist consegue corromper a IA de drones Corpus, armamento, armadura e até mesmo Cephalons, tendo o poder de engolir naves inteiras em questão de pouco tempo, transformando paredes em carne e naves em formas de vida gigantes. É também a única até hoje com o poder de controlar Warframes sem a necessidade de um Tenno.

 

Cepa Cinza (Grey Strain):

Spoiler

Warframe: Heart of Deimos

Muito diferente de todas as outras e extremamente agressiva em todos os sentidos, a Cepa Cinza é capaz de infectar e transformar luas inteiras, junto com construções, plantas, água, pedra e a fauna. Não há nada que a Cepa Cinza não seja capaz de infectar e modificar, os infestados gerados por ela também são extremamente diferentes. Enquanto os relativamente novos ainda mostram formas parecidas com a que eles tinham antes de serem infectados, os mais antigos se transformam em seres totalmente irreconhecíveis e deformados. 

A Cepa Cinza não mede esforços em transformar seus infectados nas mais poderosas formas de matar, transformando seres vivos de diferente espécies em seres horripilantes e impossíveis de identificar. A mesma coisa pode ser dita para qualquer outra matéria encontrada pelo vírus que tem o poder de infectar até mesmo cavernas e o próprio solo planetário.

Tal agressividade porém tem seu lado particularmente único. A Cepa Cinza é possivelmente resistente até a própria mente de colmeia da infestação. Infestados mais poderosos podem criar sua própria mente de colmeia e lutarem entre si por poder enquanto outros literalmente a ignoram e se tornam praticamente um ecossistema normal. Com animais selvagens como peixes, aves, insetos, roedores, cães e até gatos. Todos com sua própria personalidade e livre do controle da colmeia a até arvores frutíferas, grama ou líquidos ou minérios infestados.

 

Arlo/Zealoid:

Spoiler

🥇 ▷ Série Warwame Nightwave 2 Data final » ✓

Talvez a evolução mais aterrorizante da Infestação, Arlo era um pequeno garoto que sobreviveu a Infestação e depois foi encontrado por Kenga sozinho em Eris quando este teve contato com a infestação e foi ejetado de sua nave para a superfície do planeta para morrer. O garoto mudo mostrou ao mundo uma capacidade de cura absurdamente avançada. Apenas com um toque, Arlo era capaz de curar qualquer doença, inclusive a Degeneração dos Clones Grineer. Com isso Kenga passou a ser a voz de Arlo, o chamando de o Emissário de Eris.

Logo multidões invadiram os Trilhos Solares em direção a Eris para se encontrarem com Arlo e serem curados. Muitos se tornaram fanáticos, resgatando antigos esporos da infestação dormentes e se infectando com eles. Outros invadiram sistemas de navegação e exporam para todos as coordenadas das naves infectadas abandonadas. Muitos invadiram tais naves para se infectarem, assim procurando o poder que Arlo conseguiu.

O plano perfeito. Notícias espalhavam pelo sistema sobre um grande encontro de Arlo com os seus devotos onde ele, pela primeira vez iria falar. Todos foram enganados. Arlo e Kenga mostraram suas verdadeiras naturezas, infestados a muito tempo e serventes a colmeia, o corpo de Arlo foi rasgado ao meio de dentro pra fora por tentáculos negros enquanto Kenga ria maníacamente de todos. 

Todos na reunião foram massacrados e se tornaram infestados, um novo exército agora pilotando as naves abandonadas de encontro aos principais centros urbanos com o intuito de se espalhar por todo o sistema.

Essa cepa parece ser imune nas sombras e vulnerável a luz.

 

 

TENNO:

Spoiler

Warframe Tenno :Warframe tenno - This ideas was upload at 2019-09-17 by Warframe  tenno Download other… | Peliculas online hd, Peliculas online, Armadura de  fantasía

Os usuários da plataforma de combate chamada Warframe, uma bio armadura extremamente resistente capaz de utilizar poderes, os Tenno são uma das poucas relíquias que sobraram da poderosa tecnologia Orokin. Tanto Grineer e Corpus os veem como incríveis recursos para descobrir novas tecnologias que podem aumentar seus poderios militares. Porém quando os Tenno acordam, se tornam os mais poderosos inimigos que ambas as facções já encontraram, sendo capazes de lutar um contra dezenas de milhares de inimigos sem cansarem.

Veldt Rework into a Handcannon? - Weapons - Warframe Forums

Warframe: How to Get Weapons For Free | GameWatcher

Veldt, Bronco, Bolto, Lato, Latron, Boar, Furis e Sicarus. Armamento Tenno foi criado pelos Orokin e as vezes pelos próprios Tenno e utilizam praticamente nenhuma tecnologia para serem imunes aos pulsos Sentient.

O armamento Tenno é chamado de Zero Tech durante a Era Orokin por não utilizar nenhum tipo de tecnologia. Armas brancas ou armas de fogo balísticas, esse foi um dos motivos da vitória Tenno contra os Sentients durante a guerra, já que seus pulsos eram incapazes de interferir com os Warframes ou seus armamentos.
Porém na era atual os Warframes também utilizam armamentos Corpus ou Grineer. O que for necessário para ajudar na guerra.

Jeff Ross - Warframe Tenno Carrier Ship

Orbiter, praticamente uma base móvel que da suporte aos Tenno no espaço. Equipada com camuflagem Void, o Orbiter praticamente não pode ser detectado mas não é armado.

WARFRAME on Twitter: "Catch up on everything you missed from Devstream 132,  from our plans for Melee Phase 2 to upcoming Railjack skins!  https://t.co/dTPwzWRGgf… https://t.co/F5R3UqkbFk"

"Classe Railjack". A única nave de combate Tenno. Criada para enfrentar as poderosas naves Sentient, a Railjack usa tecnologia simples nos armamentos e energia Void na propulsão. A tornando imune a pulsos Sentient. Com poder de fogo capaz de destruir naves muito maiores que ela mesma. Uma verdadeira caçadora de gigantes.

lucas hug portfolio - Warframe - Vehicles

As naves de pouso Tenno. Utilizadas para transportar o Warframe do Orbiter para o objetivo sem ser detectado e por isso não é armada. Uma nave furtiva. A versão mais comum é a Liset, mas aqui vemos a Scimitar e a Mantis.

Os principais personagens são:


Lotus:

Spoiler

Warframe: Espírito da Lotus no Super Smash Bros. Ultimate

A guia dos Tenno. Lotus parece saber todos os segredos mas nunca revela os dela. Lotus na verdade é uma Sentient que decidiu trair sua própria raça para guiar os Tenno, as qual ela trata como filhos.

 

Teshin:

Spoiler

wip. Kitbashed Swordsman for Inq28 : Warhammer40k

Um Dax, soldado antigo da era Orokin, muitas vezes crítico de como Lotus trata os Tenno. Teshin acredita que muito do potencial dos Tenno é limitado pela Lotus e treina os Tenno para liberarem todo seu potencial através do Conclave e de outros desafios.

 

Darvo:

Spoiler

WARFRAME on Twitter: "Voting time! Remember how it works? I see what I have  the most of and- wait no. You tell me what YOU want. - Darvo  https://t.co/bzSs5lKFrJ… https://t.co/QezxFUYpjS"

Um mercante Corpus que abandonou a facção e seu pai, Frohd Bek. Darvo prefere ter seu próprio modo de perseguir o lucro que não seja pelo modo cruel ou exploratório de sua antiga facção. Com isso ganhou um aliado que faz missões para ele, Clem, um Grineer desertor que tem o "defeito" de ir contra as rainhas. Com isso Darvo é um dos únicos mercantes abertos a fazer negócios com os Tenno.

Ordis:

Spoiler

http://orig08.deviantart.net/e4b1/f/2016/216/b/4/warframe___ordis_by_k4ve-dackrvu.png

O Cephalon da nave Orbiter, praticamente a casa dos Tenno no espaço quando não estão em missão. Ordis antigamente era Ordan Karris, a Besta de Ossos, um conhecido mercenário durante a era Orokin. Karris matou incontáveis pessoas durante sua vida, mas tudo para ter uma chance para chegar perto dos Orokin e mata-los. Com uma doença terminal e notando que todo o mal e todas as guerras vinham dos Orokins, todos lutavam pelo prazer e diversão deles enquanto o resto sofria, Karris se tornou um mercenário e um genocida para ter uma única chance de matar os Orokins. 

Os Orokins deram a ele a chance de se tornar imortal. Mas com o terror de tudo que fez em sua mente e atormentado por pesadelos horríveis, Karris não queria ser imortal. Ele remove dois pinos feitos de osso do crânio, basicamente iniciando uma hemorragia profunda até a morte e enquanto isso inicia um ataque suicida contra os Orokins.

Mesmo depois de matar todos próximos dele, os que sobreviveram aplaudem e gargalham. Ballas aparece e diz que os Orokins ja morreram incontáveis vezes e que a punição de Karris será a imortalidade. Ballas força Karris beber o Kuva. Mas ao invés de se tornar imortal, Karris é preso dentro de um cristal e suas memórias e personalidade completamente modificadas, destruídas e removidas para transforma-lo em Ordis, o Cephalon.

 

Cy:

Spoiler

Cephalon Cy Glyph - Warframe drops

O Cephalon responsável pela Railjack, Cy era o Cephalon de uma diferente tripulação, quando durante uma batalha com os Sentients deixou a tripulação inteira morrer para completar a missão, já que a missão era mais importante que a tripulação.

Sentindo remorso por isso, Cy deseja nunca mais operar uma Railjack, mas decide assim mesmo pois não existe outro Cephalon tão capaz quanto ele para essa função.

 

 

SENTIENTS:

Spoiler

Katie #DailyDidact on Twitter: "Erra: "Finish the war, Natah." #Warframe  #Screenshots… "

 

 As máquinas do sistema Tau e a maior ameaça da história do sistema, os Sentients hoje retornam para terminar a antiga guerra, agora enfrentando uma humanidade desunida e em guerra entre sí própria, os Sentients só tem os Tenno como ameaça para o domínio do sistema Origem e evoluem em diferentes campos para tentarem arrumar uma forma de vencer os Tenno e sua unica falha restante, a energia Void.

Acordados pelos Grineer, os Sentients já tentaram diversos ataques no atual sistema que levaram a doloridas derrotas, porém agora sob o comando de Natah e Erra, os Sentients iniciam sua grande invasão do sistema para iniciar a Nova Guerra e destruir tudo que sobrou da era Orokin.

Os Sentients são um mistério quando o assunto é armamento e tecnologia. Sinceramente não se sabe como os Sentients funcionam. É dito sobre uma energia Sentient ou as vezes referida como Energia Tau. Tal energia é encontrada nos núcleos dos Sentients e praticamente é usada em seus armamentos para diversos efeitos.

É difícil categorizar armas Sentient. Umas utilizam energia, outras utilizam de efeitos completamente desconhecidos como roubo de força vital e outras simplesmente nem sequer fazem sentido. Porém a Energia Void e a Energia Tau não são mutuamente aniquiláveis. Enquanto um Sentient não pode manipular a Energia Void por ser um veneno para eles, os Tenno podem manipular a Energia Tau sem problemas, como é o caso do Warframe Revenant.

Warframe TennoGen - Steam Workshop Help

Acima Phantasma, arma Tenno-Sentient, assim como a Nikana de duas mãos Tatsu.  A War foi criada dos ossos de Hunhow e por ser seu fragmento guarda também sua consciência.
Embaixo o Eidolon, partes de um Sentient que bebeu o Kuva do templo da Torre Unum e agora tenta se reconstruir. Ao centro o Battalyst e o Vomvalyst, drones Sentient.
A direita o Ropalolyst. Um tipo desconhecido mas considerado um Eidolon a muito tempo destruído mas reconstruído por Natah para manter Alad V na linha.

Ao fundo Hunhow, o Sentient destruidor de mundos.

Os principais personagens são:
 

Hunhow:

Spoiler

The Hunhow - Warframe Thailand EliteTenno Clan - YouTube

O líder Sentient durante a Antiga Guerra, Hunhow foi projetado ou construído para ser um drone de agricultura, mas depois de adquirir inteligência, Hunhow se tornou um poderoso armamento de destruição. Capaz de controlar drones menores e extremamente letais e capaz de transferir sua consciência para qualquer um dos drones que ele controla contanto que esses drones sejam fragmentos feitos de si próprio. Algo inerente a Sentients maiores mas principalmente importante para Hunhow já que maioria das forças parecia derivar dele.

 

Natah:

Spoiler

About Lotus... (The Sacrifice Spoilers) - Page 2 - General Discussion -  Warframe Forums

A filha de Hunhow e irmã e Erra, considerada a próxima rainha Sentient, Natah traiu sua família e se tornou a Lotus para guiar os Tenno, porém quando foi capturada por Ballas, Lotus voltou a ser Natah e agora é a comandante dos Sentients junto com Erra depois do desaparecimento de Hunhow.

Sendo uma mímica, Natah é capaz de tornar a forma de qualquer coisa e a aparência que possuia como Lotus era copiada de Margullis.

 

Erra:

Spoiler

Katie #DailyDidact Twitterissä: ""If I had a heart, it would be broken. If  my eyes could weep, they'd be blind." —Erra #Warframe… "


Filho de Hunhow e irmão mais velho de Natah, Erra foi presumidademente morto por Natah quando era Lotus depois de um ataque fracassado a Lua, quando foi destruido por vários Tenno usando energia Void.

Agora de volta e praticamente comandando Ballas como um cachorro, ele parece diferente e tenta fazer Natah relembrar quem ela é para que ela assim comande as tropas Sentients para uma nova guerra, porém algo estranho está acontecendo com ele.

 

Ballas:

Spoiler

By the Void, how horrifying. | Warframe | Know Your Meme

Antes um Executor e agora uma quimera Sentient-Orokin, Ballas foi quase morto por Umbra. Traidor Orokin que foi o responsável por entregar a informação das suas criações, os Warframes, e da Lua para Hunhow, ninguém sabe como Ballas se manteve vivo depois da queda Orokin e como ainda possuía seu corpo Orokin mesmo depois do que parece milênios.

Porém o que parecia ser um fracassado e humilhado Ballas agora se revela um cúmplice nos planos de Erra, planos esses que ainda são um mistério.

 

Shadow Stalker:
 

Spoiler

Update to pre-Second Dream Stalker + PBR his weapons - Art, Animation, & UI  - Warframe Forums

Talvez o maior mistério depois de Second Dream, o Stalker possui muito de sua história ainda não contada, o que acaba transformando muitas coisas em especulação. Sabe-se que o Stalker é ou era um Tenno durante a Velha Guerra, enquanto os Tenno seguiram para o lado da Lotus, Stalker era completamente leal aos Orokins, mesmo sendo tratado mal como todos os outros Tenno. Durante a guerra, Stalker era apenas um guardião baixo, possivelmente uma das menores patentes Tenno na era Orokin, durante a cerimônia do termino da Velha Guerra, Stalker viu a traição dos Tenno e o assassinato dos Imperadores Orokin.

Com seu modo de vida em ruínas, e o império jogado no caos, Stalker perdeu tudo. Diferente dos outros Tenno, ele nunca foi para a Cryostasis e viu as novas facções se formarem durantes os séculos que passou vagando pelo sistema Origin. Possuindo um ódio imenso pelos Tenno e por ele mesmo, se sente culpado por não ter tido poder para evitar a morte dos Orokins e ao mesmo tempo os culpa pela traição. Quando os Tenno foram acordados, sem lembrança do acontecido na guerra, Stalker passa a caça-los, procurando justiça pelo passado e pelo presente.

Mesmo matando vários Warframes, isso de nada adiantava para reduzir o numero de Tenno que lutavam. O desespero de Stalker era tanto que decide se aliar a Hunhow, inimigo dos próprios Orokins para tentar destruir os Tenno. Sem poder para mata-los, Hunhow usa seus ossos para criar a Pakal Armor e a espada War e entrega para Stalker. Com a armadura, o agora SHADOW STALKER teria o poder dos Sentients, capaz de se adaptar aos danos recebidos, e Hunhow, agora com a ajuda dele poderia alcançar o Void e o Reservatório, o lugar sagrado para os Tenno. O seu Warframe é capaz de usar várias habilidades de outros Warframes, além da sua habilidade unica chamada Dispel, que cancela completamente todas as habilidades ativas de outros Warframes.

Agora com os ACOLYTES, Tenno que segue os seus ensinamentos e forma de justiça deturpada, e aliado a Hunhow, o Stalker se tornou ainda mais perigoso.

 

 

 

OSTRONS:

Spoiler

 Warframe - How to Reach the Plains of Eidolon | AllGamers

Antigamente cidadãos do Império Orokin, depois mercantes nômades do sistema com seus clans espalhados em todas as direções. Reza a lenda que dois jovens, uma vinda um clan poderoso e o outro sendo um cetus, um sem clan, fugiram para a Terra, guiados por uma voz desconhecida. Lá encontraram uma região livre da toxicidade que tomava a superfície terrestre e lá decidiram fazer sua morada.

Décadas depois, Ostrons que passavam pela órbita terrestre receberam mensagens de uma mulher idosa que vivia na superfície que sempre perguntava sobre seu clan. Acreditando que era a menina perdida a décadas depois de fugir, o clan seguiu o sinal deixado por ela até encontrar a Torre Unum. A última torre viva Orokin.

Mesmo que os Grineer tentassem atacar os Ostrons, ou tentassem perseguir seus mercados flutuantes, as naves, armamentos e comunicações Orokin paravam de funcionar próximos a torre, protegendo assim os Ostrons de qualquer perigo.

O clan então construiu uma vila próxima a torre e expulsou o marido, que não possuía clan, e os dois foram separados. O marido entrou no mar e se doando para o oceano se tornou um gigantesco peixe. Devido a isso, a Terra rompeu o acordo com os Ostrons por tristeza a morte do marido e trouxe de volta os animais selvagens e o Eidolon, forçando os Ostrons a nunca mais andar a noite nas planícies.

Os moradores da vila então decidiram reconstruir a antiga muralha Orokin que cercava as planícies e trocaram o nome da vila. Ela passaria a se chamar Cetus e seria a casa de todos que quisessem morar la, os que tem ou não tem clan. Assim é a lenda da fundação de Cetus.

Sendo um gigantesco hub na Terra. Cetus é o lar dos Ostrons e dos Quills e um mercado também para os Solaris e até alguns Corpus e também uma base de operação para os Tenno. Porém os Grineer mantem o desejo insaciável de dominar todos os recursos nas planícies de Eidolon, já que é o único lugar na Terra que não foi dominada pela gigantesca floresta impenetrável criada pelos Orokin que os Grineer lutam para destruir sem sucesso.

Os principais personagens Ostrons são:


Konzu: 

Spoiler

Early lunch for Konzu | Warframe art, Fan art, Art

Konzu visto aqui tendo finalmente o lanche dele cedo. Que porra de garfo é esse?

O chefe de Cetus, Konzu é o responsável pelas missões dadas aos Tenno dentro das planícies. Amigo de Saya e Onkko, perdeu seu amigo durante uma expedição nas planícies e perdeu contato com a sua amiga que o culpava pelo desaparecimento de seu marido. Com o tempo, os dois se aproximaram.

 

Saya:

Spoiler

Quest: Saya's Vigil - todowarframe

Esposa de Onkko, nunca aceitou o desaparecimento de seu marido e sempre culpou Konzu por isso. Mas depois ela aceita os sentimentos de Konzu e os dois ficam juntos esperando um dia notícias sobre Onkko.
 

 

QUILLS:

Spoiler

Orokin Archives — Onkko Dialogue

Onkko malocando o lanche matinal de Konzu sem ele saber.

Os extremamente secretos Quills são os membros de um grupo que possui laços estreitos com Unum, a torre viva Orokin próxima de Cetus. Muitos não fazem ideia  de quem eles são, mas eles entendem de tudo. São capazes até mesmo de prever o futuro e diferentes linhas temporais. Raramente se apresentam a pessoas de fora mas só agem quando necessário e é dito que quando eles agem, é porque algo está para mudar.

O único personagem até hoje pertencente aos Quills que vimos é:

Quill Onkko Primary: 

Antes o principal historiador de Cetus, dado como desaparecido, Onkko foi chamado para se tornar um Quill, para isso seria necessário abandonar sua antiga vida e sua esposa, Saya. Relutante, recebeu uma visão de Unum, que mostrou todos os potenciais caminhos futuros da vida de Saya e que ela teria um triste fim se continuasse com ele. Mas que ela teria uma vida feliz com Konzu.

Agora ele é o responsável pela relação entre o Unum e os Quills e os Tenno. Escondendo sua identidade de todos os outros Ostrons.

 

SOLARIS UNITED E VOX SOLARIS:

Spoiler

Warframe's tough to start, but that's also why it's still so fun to play |  GamesRadar+

 Rebeldes que procuram destruir o sistema Corpus de pagamento de dívida por servidão que remove partes corporais e orgãos de quem deve e troca por partes mecânicas. Os Solaris se põe a Nef Anyo e tentam de várias formas sabotar suas operações em Venus. Enquanto a forma publica dessa revolução é a Solaris United, o núcleo comandado por Eudico, que nas sombras orquestram praticamente uma guerra de guerrilha contra os Corpus com ajuda dos Quills é chamada de Vox Solaris. Uma das características dos Solaris é a estranha grade em seu peitos. Na verdade é onde a cabeça deles estão.

As personalidades principais são:

Eudico FB-9:

Spoiler

Orokin Archives — Eudico Dialogue


A líder dos Solaris e a capataz de Nef Anyo, estando sempre em Fortuna como uma escrava e também para vigiar os outros Solaris. Porém secretamente ela é a fundadora da Solaris United e a mente por tras da Vox Solaris. Para iniciar a resistência, vendeu o coração para comprar uma arma depois da morte da mãe. Mas ao encontrar The Buseness, aprendeu dele como lutar contra os Corpus de modo mais eficiente, atacando economicamente os Corpus ao invés de apenas fisicamente.
 

 

Biz ou The Buseness:
 

Spoiler

How to earn Solaris United standing in Warframe: Fortuna

Um mistério completo até para Eudico, Biz não é de Vênus e diz que era responsável pela captura e pesquisa de animais selvagens para experimentos Corpus, porém é versado em combate e espionagem, considerado tão eficiente quanto um Tenno em seus tempos de ouro. Ao mesmo tempo mostra ser uma pessoa sensível e por outro lado é capaz de decisões extremamente frias e calculistas. Hoje é parte da Vox Solaris com Eudico.

 

Little Duck:

Spoiler

Little duck & Eudico - Album on Imgur


Agente dos trilhos e antiga protegida de Biz, Little Duck vem de Phobos e desde criança demonstrou incríveis aptidões em espionagem, mas devido a uma briga com Biz por diferenças em relação as filosofias de "trabalho", eles se separaram. Hoje é uma freelancer, uma mercenária, ajudando os Tenno e a Vox Solaris contra os Corpus, até as vezes trabalhando com os Quills e os Ostrons.
 

 

RED VEIL:

Spoiler

GTSport Decal Search Engine

 Acreditando que o sistema está corrompido além da salvação, a Red Veil, um dos 6 sindicatos principais, acreditam que apenas pela violência e um gigantesco derramamento de sangue o sistema será salvo e limpo de sua corrupção de milênios.
Porém o nascimento da Red veil tem um objetivo totalmente diferente de sua atual versão. Criados em volta de Rell, o Tenno expulso por seus semelhantes e que nunca foi enviado para o Segundo Sonho. Rell decidiu dar a sua vida e fazer a transferência permanente para seu Warframe, Harrow, como ultimo esforço para impedir a invasão da Indiferença nesta dimensão.

Para cuidar de seu corpo e vigiar essa barreira, seus seguidores criaram a Red Veil. Porém com o tempo, apenas o círculo principal da facção manteve esse objetivo, com aqueles mais novos se tornando mais violentos e reativos.

Os principais personagens da Red Veil são:


Palladino:

Spoiler

▷ Warframe: Como encontrar o Palladino

É a representante sagrada de Rell dentro da Red Veil. Uma posição pertencente a família dela por gerações. Ela representa o circúlo interno do sindicato, porém não é a líder e nem representa toda a facção, já que ela não representa a ala mais extremista que é exatamente a maior. Hoje reside em Iron Wake, a base secreta da Steel Meridian, depois do que parece ser um ataque da ala extrema da Red Veil contra o círculo interno e a Steel Meridian, seus aliados mais próximos, quando as mensagens de Rell pararam de chegar.
 

Red Veil: 

Spoiler

Red Veil Operative (@RedVOperative) | Twitter

O líder ou representante, possui o mesmo nome do sindicato o que sugere ser um título. Nada se sabe sobre ele mas por suas falas demonstra ser extremamente violento. Até mesmo conduzindo tortura dentro da sala da Red Veil nos relays o que pode mostrar que ele é o lider dos extremistas.

 

 

SUDA:

Spoiler

Cephalon Suda by Voltiac-Sev | Warframe art, Image, Character inspiration

Um Cephalon aparentemente sem emoções com o simples objetivo de adquirir todo o conhecimento possível. Suda foi uma Archimedian durante a era Orokin. Com uma doença degenerativa que a fazia perder a memória a ponto de esquecer o nome de seu amado, ela mesmo decidiu se tornar uma Cephalon para que seu conhecimento se torna-se imortal e que assim nem a doença e os Sentients pudessem destruir a história Orokin que ela tanto estudou.

Hoje comandando uma legião de Cephalons menores, Suda lidera um dos 6 sindicatos e delega missões para vários Tenno a procura de novos conhecimentos.

 

STEEL MERIDIAN:

Spoiler

Warframe PNG Transparent For Free Download , Page 2- PngFind

 Um sindicato composto de clones Grineer que se rebelaram contra as rainhas devido a uma falha genética que raramente se mostra nos vastos numeros de tropas, a Steel Meridian age como uma guerrilha contra o poderoso Império Grineer, tentando proteger as colônias que restaram das garras do exército das rainhas.

Muito de seu armamento e equipamento é praticamente o que conseguem desviar do inventário Grineer e hoje a Meridian procura e liberta outros Grineer que assim como eles se rebelem contra a opressão de seus líderes. Sua base principal é na Terra e se chama Iron Wake.

A principal personagem da Steel Meridian é:
 

Cressa Tal:

Spoiler

A líder da Steel Meridian, Cressa Tal era uma valiosa guerreira sob as ordens de Sargas Ruk, mas sua deserção e traição criaram um ódio mortal entre os dois que foi o principal motivo pelo ataque de Sargas Ruk a reconstrução dos relays na Operação Projeto Pyrus.

 

 

A PERRIN SEQUENCE:

Spoiler

The Perrin Sequence Warframe Wiki Fandom - Warframe Perrin Sequence Logo  png - free transparent png images - pngaaa.com

 Um grupo de Corpus que separaram da facção principal para fundar sua própria, a Perrin Sequence é contra a capitalização da guerra para conseguir lucro, um das maiores ferramentas de lucro dos Corpus, que tendem a vender armamentos para qualquer lado, inclusive Grineer ou Tenno contanto que o lucro exista.
Procurando por uma forma pacifista de conseguir seu lucro, eles acreditam que a paz e a ética podem na verdade trazer muito mais lucro que a guerra.

Ainda sim, a Perrin Sequence utiliza armamento, mesmo que muito dele seja praticamente armamento Corpus desviado.

As principais informações sobre a Perrin Sequence são:

Ergo Glast: 

Spoiler

Warframe: Ergo Glast is judging you - YouTube

O líder da Perrin Sequence, uma mente brilhante que antes trabalhava para os Corpus, Glast era o pupilo de Frohd Bek e o cientista criador do Processador Animo, que logo depois de sua saida da facção Bek utilizou como o principal componente na criação da versão renascida do robô de combate Ambulas. Glast também é um dos poucos que possuem relações econômicas com a colônia Mycona.

 

Colônia Mycona:

Spoiler

Warframe: O GLAST GAMBIT ESTÁ DISPONÍVEL


Uma nave que pelo exterior parece abandonada na órbita de Phobos, dentro dela vive os Myconianos, corpus que abandonaram a facção devido a sua ambição desenfreada. Durante tempos passados encontraram uma relíquia infestada antiga que através de um gene único permitiu que uma criança pudesse ser completamente imune a infestação. O medo da mente de colméia infestada em relação a esta criança possibilitava que os Myconianos pudessem viver lado a lado com a infestação sem se contaminarem.

Assim praticamente colhendo partes infestadas e fluidos e vendendo para a Perrin Sequence, os Myconianos tem uma relação mutua de amizade com eles.

 

Neewa:

Spoiler

Tachibane — Neewa is so cute ;~;

A Triuna atual da colônia. Triuna é a criança que recebe o gene para resistir a infesteção como uma híbrida humana/infestada. A Infestação, com medo da criança, deixa todos os Myconianos livres o que torna praticamente todos imune a infestação.

 

 

NEW LOKA:

Spoiler

Logo Warframe Png - Warframe Clipart (#668227) - PikPng

Puristas e naturalistas, Loka acredita que só com as raças retornando a humanidade pura e de volta a uma Terra limpa que o conflito no sistema finalmente terminará. São normalmente contra a tecnologia, principalmente Orokin por ter sido o motivo que destruiu o sistema. Mas ainda sim são a favores dos Tenno que os ajudam mesmo que isso vá contra sua doutrina.

ARBITERS OF HEXIS:

Spoiler

Arbiters Of Hexus Appear To Be A Represent A Noble - Warframe Arbiters Of  Hexis Logo PNG Image | Transparent PNG Free Download on SeekPNG

Acreditando que a forma mitológica que é mostrada do Tenno só existe para limitar seu potencial infinito, os Arbiters of Hexis veem no Tenno um ser divino que apenas com treino e conhecimento pode atingir o status e o poder divino que deles é de direito e que existe no sangue deles.
Para isso, eles querem levar os Tenno para tal caminho mesmo que isso signifique a queda do sistema.

 

 

QUESTS:

Em ordem cronológica:

Spoiler

Despertar:

Com as tropas Grineer atacando colonias Ostron na Terra e vários Tenno sendo capturados pelo sistema, a Lotus acorda você do seu sono milenar para a guerra contra o domínio Grineer. Para isso o Tenno precisa escapar da emboscada e fujir da superfície terrestre na sua Liset para se rearmar.
 

Recompensa de Vor:

Vor tenta invadir o Warframe usando o dispositivo Ascaris, depois de removido é hora de levar a batalha até Vor, líder do esquadrão de captura Tenno e o responsável pelo ataque aos Ostrons.


Vigília de Saya:

Konzu pede aos Tenno que procurem o paradeiro de seu amigo Onkko, esposa de Saya, que desapareceu nas planícies a 5 anos e acabou deixando sua esposa perturbada. Agora os Grineer encontraram o paradeiro dele e os Tenno tem que chegar a ele antes que os Grineer consigam. Depois da investigação, os Tenno encontram um cofre Ostron mas sem a chave, depois que a chave é reconstruída, o cofre é aberto e revela uma flor de ferro. Flor dada por Konzu a Saya, para declarar o seu amor. 

Saya aceita que Onkko nunca mais irá voltar e decide viver sua vida com Konzu.


Uma Vez Acordado:

Vários Tenno são enviados para uma missão em território Grineer, encontrar informações sobre uma nova arma biológica em produção sob a tutela de Dr Tengus. Ao chegar lá, é descoberto que a arma biológica é a infestação e que uma falha de contenção causou a infecção de varios soldados Grineer que agora viraram infestados. Sem nenhuma chance de contenção, o único jeito é esterilizar a região com uma bomba de cascata para destruir a colmeia e todo o vírus ainda existente no lugar.


Vox Solaris:

Chegando em Vênus, na colônia penal de Fortuna, os Tenno falam com Eudico que pede para que os Tenno ajudem Thursby, já que ele está marcado para  ter seus membros removidos para pagar uma dívida que seus pais falecidos deixaram. E para que isso não aconteça, Thrusby precisa conseguir atingir a cota. Ele pede aos Tenno que o ajude a montar uma pequena lojinha com melhores itens, e o jeito seria roubar os produtos dos Corpus.

Mesmo conseguindo com sucesso o roubo, os Corpus removem os braços de Thursby e suas pernas mecânicas. Eudico culpa os Tenno e pede que eles impeçam a ativação de uma torre de refrigerante que possa apresentar problemas. Se ela for ativada, gerará uma onda de calor que pode destruir Orb Vallis por completo. Para isso o Tenno precisa minerar Aramast e levar até a torre, mas Anyo ativa a torre mas cedo, falando para Fortuna que a a torre passará por um teste. 

A torre não funciona como esperado e Anyo furioso comanda Eudico, a capataz de Fortuna, a entregar 50 pessoas para terem seus órgãos e membros removidos como penalização.

Vendo que tentar apaziguar a relação com Nef Anyo não iria resultar em nada, Eudico decide voltar a ser a voz da Vox Solaris e atacar diretamente Anyo. Os Tenno são enviados novamente para torre e hackeiam o sistema enquanto defendem o console. 
Agora sob comando de Fortuna, a Vox Solaris ameaça Nef Anyo. Ou ele volta atrás na punição as pessoas de Fortuna e cancela a ativação da torre, ou a Vox Solaris deixará a torre superaquecer, levando toda a Orb Vallis com ela, inclusive todo o dinheiro de Anyo. 

Nef Anyo acaba aceitando e decide voltar atrás, perdendo vários investidores no processo. Agora com a volta da Vox Solaris, os Tenno tem um novo aliado contra os Corpus.


O Uivo do Kubrow:

Uma mensagem Corpus é interceptada e sugere que alguns cientistas tentam pegar ovos de Kubrow selvagem na Terra para dar a Frohd Bek um espécime parecido com aqueles da Era Orokin. Os Tenno então são encarregados de roubar tal tecnologia e conseguirem seu próprio Kubrow, animal esse que foi um dos maiores aliados para os Tenno em suas missões de ataque.

Um Homem de Poucas Palavras:

Darvo pede aos Tenno que invadam uma prisão Grineer para resgatar seu aliado Clem, que foi pego tentando roubar uma relíquia sob controle dos Grineer.
Clem é um Grineer que tem uma falha genética que o torna desobediente as Rainhas, então os Tenno então precisam resgatar Clem, readquirir suas armas e por fim roubar a relíquia dos Grineer 

Archwing: 

Lotus entrega aos Tenno o protótipo da Archwing Odonata, e pede para que seja encontrada as partes, dizendo que com as Archwings, os Tenno poderão lutar contra as Balor Fomorian, a maior ameaça Grineer a todo o sistema.


Areias de Inaros:

Em Marte durante a Era Orokin, havia uma colônia populada pelos "Adoradores do Céu". Suas relíquias atualmente possuem alto valor e Baro Ki'Teer envia os Tenno em um trabalho para recuperar algumas dessas relíquias para venda. Ao encontrar um templo, uma voz passa a contar a história do Deus Rei Inaros. Um ser mitológico apareceu na colônia para protege-los dos Orokins que vinham sequestrar os habitantes.

Nas partes mais profundas do templo, os Tenno encontram uma Urna. A cada estágio concluído para abrir a urna, mais da historia de Inaros é descoberta.

Inaros era parte dos Orokins e passou com o tempo a ficar enfurecido com os sequestros constantes de crianças da colônia. Os colonos se juntavam para chorar o sequestros de suas crianças e então eles vieram de novo para sequestrar mais uma e Inaros finalmente decidiu dar um basta. Inaros então matou os Orokins e devolveu a ultima criança para a colônia então se tornando o rei Deus.

Com essa história, Baro acredita que Inaros era um Warframe e quer chegar ao fim da história.

Depois de anos de paz, uma nova ameaça chega a colônia. Os infestados. Mesmo rezando para Inaros, os infestados praticamente erradicaram a colônia. Os poucos que sobreviveram se prepararam num circulo esperando pelo fim certo quando uma tempestade de areia atingiu a região, girando em volta dos sobreviventes enquanto os infestados eram destruídos. A praga infestada nunca mais voltou a colônia.

Ao procurar a areia por Inaros, os colonos encontraram um corpo metálico quebrado, sabendo que aquele era Inaros, os colonos guardaram os pedaços de Inaros em uma urna para impedir saques de ladrões e guardaram numa tumba secreta, acreditando que um dia Inaros voltaria a vida.

Depois de ouvir a história, Baro decide que não se importa mais pelo dinheiro e agora o Tenno precisa impedir os Grineer de conseguir a urna. 

A verdade é que Baro era parte da colônia dos Adoradores do Céu. A colônia foi destruída pelos Grineer e Baro viu sua mãe ser morta por eles. Baro esqueceu a história devido ao trauma. Durante o acontecimento ele sempre chamou por Inaros mas ele nunca veio. Já que Inaros estava morto.

Agora sabendo da história, Baro aceita as memorias de sua mãe e espera o dia que Inaros seja refeito para lutar de novo.

Coração de Deimos:

Os Tenno recebem uma mensagem de emergência vinda de Deimos, a lua de Marte tomada pela infestação. A mensagem diz que os Entrati precisam de ajuda em Cambion Drift para consertar o Coração que está falhando devido a infestação, o aparelho é responsável por manter uma conexão entre o Void e a nossa dimensão, assim permitindo o fluxo e o uso da energia Void por todo o sistema. Sem ele, nem os Warframes e nem os trilhos solares funcionam. Logo é extremamente importante o conserto, algo que só os Entrati podem fazer.

Para isso , os Tenno precisam reaproximar a família Entrati.

Mãe (Gomaitru) é a lider da família, uma fisicista e uma matemática Orokin responsável por seguir as pesquisas sobre o Void deixadas pelo seu pai, Albrecht Entrati. Depois da morte ou desaparecimento do pai, ela ficou extremamente abusiva. Não ligava para seu marido e até o atacou com um caco de Seriglass, e sempre desprezou os filhos. Com o tempo, Mãe se tornou extremamente ausente tanto em seu casamento quanto na criação dos filhos, se devotando apenas na procura de Albrecht e dos mistérios do Void.

Pai (Vilcor) é um projetista bélico e perito na tecnologia Entrati/Void e foi também um tripulante de Railjack durante a Antiga Guerra. Vilcor é o principal criador dos Necramechs. Depois da queda do Império Orokin, Necralisk perdeu suporte contínuo de tropas Dax ou de Warframes, e com a chegada da Infestação pela Cepa Cinza, muitas as zonas de pesquisa Entrati e os Cofres de Isolamento tiveram que ser abandonados e com o tempo apenas a Necralisk sobrou segura. Com o casamento em ruinas, Vilcor se tornou um pai ausente e as vezes violento, atacando verbalmente os filhos.

Filha (Kaelli) é uma bióloga marinha e especialista em engenharia genética, sendo extremamente versada em todos os tipos de peixes, inclusive aqueles já infestados pela Cepa Cinza ou os antigos criados pelos Orokins. Ela não iria para Deimos junto com a família, mas decidiu acabar indo para acompanhar todos quando foi infectada junto com os outros.
Tem um relacionamento conturbado com a família, principalmente com o irmão que a tenta sabotar o tempo todo.

Filho (Kermerros) é um aspirante a pesquisador e biólogo especializado na infestação. Muitas das vezes ignorados por todos os outros da família, Kermerros acabou encontrando nos infestados um carinho que ele procurava na sua família. Quando Deimos caiu para infestação e a Necralisk se tornou o único lugar seguro, Kermerros, para chamar a atenção de seus pais, trouxe alguns animais infestados para Necralisk, o que infectou todos da família. Devido a isso, ele foi expulso da Necralisk e da familia e depois passou a viver nas cavernas de Deimos.

Avó é a mãe de Vilcor, ela é dita pelos netos como uma pessoa que não é nem uma soldado ou uma cientista. Nada se sabe sobre ela mas é a unica que tentou manter a família unida. Ela é hoje responsável por guardar as coisas da família como lembranças das memórias que eles perderam para a infestação. 

Otak e Lloid são os Cephalons da família Entrati. Lloid é o leal servo da família enquanto Otak precisou ser colocado no mesmo corpo que Lloid quando ele teve seus preceitos corrompidos. Para evitar a completa destruição de Otak, eles agora vivem na mesma carapaça Necraloid.


Depois de conseguir que o Pai voltasse a família, os Tenno vão até o Coração mas devido a um problema de funcionamento, a energia Void reduz consideravelmente e isso afeta o funcionamento do Warframe. Agora o Tenno precisa usar a antiga arma de guerra Orokin contra os Sentients, a arma antes dos Warframes, o Necramech. Com ele e sua independência de funcionamento da energia Void, o Tenno consegue consertar o Coração e evitar uma catastrofe.


Sonhos Roubados:

O líder da pesquisa genética Grineer Tyl Regor contrata a ladra Maroo para ir a uma nave Orokin perdida e conseguir o Codex Arcano, por odiar os Grineer, Maroo entrega um codex falso e vende o verdadeiro para os Corpus, agora caçada pelos Grineer, Maroo contata a Lotus e pede proteção em troca de informação sobre uma máquina arcana na nave Orokin perdida, depois de infiltrar a nave, os Tenno ativam a máquina, que mostra uma mensagem sem sentido, que depois seria revelada como o primeiro indício Sentient depois da Velha Guerra.


Teorema Limbo:

Os Tenno descobrem um antigo Teorema incompleto, mesmo sem fazer sentido, com o tempo o teorema levaria os Tenno a seguirem os passos do Tenno que um dia ocupou o warframe Limbo. Limbo tentou uma arriscada travessia usando o Rift por grandes distâncias. Porém devido a cálculos errados, o Warframe foi despedaçado e suas partes separadas pelo sistema. Para completar tal teorema, os Tenno precisam utilizar o sistema de comunicação Grineer para interceptar algum tipo de sinal do teorema. Tais teoremas estão em sinais deixados por Limbo pelo sistema que levam para a reconstrução de suas partes e o erro que levou a destruição do Warframe.

Mascara do Revenant:

Nakak recebe uma mascara de Onkko e passa a ter visões e conta ao Tenno sobre a lenda de um Warframe que depois da destruição de um poderoso Sentient por Gara, foi enviado para impedir seu renascimento. No lago onde Gara derrotou o Sentient e foi destruída, um outro Warframe ficaria de vigilia para evitar que o Sentient se reconstruir-se.

Depois de várias vezes destruir o Eidolon que se levantava do lago, o Warframe hesitou e estendeu a mão para o Eidolon, que então ressurgiu o usando como ancora para se reerguer. O Warframe então teve que se jogar no lago para manter o Eidolon selado, esse Warframe foi infundido com os poderes Sentients do Eidolon e agora Nakak pede para que o Tenno o reconstrua para que ele possa ser usado de novo na luta contra um Eidolon mais poderoso que ressurge do lago.

O Novo Estranho:

Simaris, um Cephalon que procura conhecimento através da síntese, pede ajuda dos Tenno para liberar suas sentinelas que foram presas pelos Grineer durante um trabalho de reconhecimento.

Depois de libertas, os Tenno recuperam um antigo arquivo de áudio que contém uma voz desconhecida e sons de disparos de arma de fogo e gritos Grineer. A voz desconhecida parece ser a mesma voz da Máquina Arcana encontrada na nave Orokin abandonada. Ao ser questionado, Simaris diz que tal assinatura é de origem Tenno e uma caçada se inicia para descobrir a origem dessa mensagem. Mais procuras são feitas e é descoberto que um alvo está indo nos lugares onde existem máquinas arcanas e apagando as evidências de algo desconhecido. Logo, Lotus reconhece o alvo como sendo Chroma, um Warframe perdido durante a antiga guerra e que agora parece não estar sendo controlado por nenhum Tenno e pede para que ele seja capturado.

Só quando Chroma é capturado que a ultima máquina arcana revela o holograma de uma antiga relíquia Sentient, mostrando que o terror da antiga guerra ainda pode existir.


Protocolo Deadlock

O Corpo de Diretores Corpus tentam várias votações mas elas sempre terminam empatadas. Depois de 7 votações todas terminando 7 a 7, o Protocolo Deadlock é instaurado e é inicializada a procura pelo descendente de Parvos Granum, o fundador dos Corpus e o unico que pode controlar o Corpo de Diretores.

Nef Anyo então anuncia ser o filho perdido de Parvos e procura de qualquer forma o corpo de Parvos para assim ter provas de que é líder de direito dos Corpus. Ele descobre que o corpo está no Granum Void, uma pequena dimensão do Void dentro do próprio Void onde a nave de Parvos caiu quando ela teve problemas no seu motor.
Eudico e Biz então convidam o Tenno para a sala da Vox Solaris para mostrar Protea, o Warframe designado como guarda-costas pessoal de Parvos Granum durante a era Orokin e que é esse Warframe que Nef Anyo busca através da energia liberada por ele para encontrar a nave e o corpo de Parvos.

Utilizando cidadãos Solaris como cobaias para testar os efeitos do Granum Void, Eudico e Biz pedem a ajuda dos Tenno para salvar os Solaris e descobrir os novos planos de Nef Anyo. Defendendo sistemas e sensores das naves onde estão sendo feitos os testes, os Tenno interceptam uma mensagem vinda dos Solaris enviados para o Granum Void. Agora Nef Anyo quer enviar um tributo pessoalmente, usando um tesoureiro. Os Tenno são enviados para roubar a moeda Granum do tesoureiro e entrar no Granum Void antes que Nef Anyo.

Ao entrar no Granum Void, é descoberto que Parvos Granum ainda está vivo devido a Protea ter parado o tempo. Parvos diz ser contra Nef Anyo por ter distorcido seu ideal de riqueza e lucro e decide atacar ambos os Tenno e os Corpus, agora os Tenno precisam reconstruir a Xoris, arma que usa a mesma tecnologia de espectros que Parvos usa, e voltar ao Granum Void para destruir Protea e liberar os Solaris presos depois de serem enviados pra la.

Depois de Protea ser destruída e os Solaris salvos. Nef Anyo literalmente perde tudo pelo qual trabalhou e perde extremo prestígio dentro dos Corpus devido a sua mentira.


Paciente Zero:

Depois de considerado morto durante os eventos da Operação Dilema Gradivus, Alad V ressurge, meio Corpus e meio infestado, ameaçando o sistema com uma nova cepa da infestação e utilizando de naves abandonadas para criar uma gigantesca invasão infestada contra todas as facções do sistema.
Agora os Tenno precisam enfrentar a batalha em dois estágios. Primeiro atacando as naves e as invasões infestadas, destruindo o vírus antes que ele se alastre. Depois atacando diretamente Alad V, triangulando sua posição e dai destruindo seu laboratório e o eliminando. 

Porém para a surpresa dos Tenno, Alad V tinha em sua posse o Warframe Mesa, controlada por uma massa infestada. Infelizmente o Warframe precisava ser destruído para ser liberado da infestação. Porém Alad V é encontrado e caçado pelos Tenno pelos crimes cometidos contra o sistema.

Natah:

Estranhos drones são avistados em Urano. Tais drones não parecem armados mas estão escaneando tudo que encontram. Ao verem os Tenno, os drones escaneiam e vão embora.

Lotus pede então que os Tenno vão para a Terra para investigar, mas encontram lá uma antiga parte destruída de um Sentient. Lotus revela que o drone é um Sentient Oculist e desaparece, deixando os Tenno sem um guia e sozinhos. Teshin então oferece ajuda aos Tenno para desvendar o mistério dos drones e o mistério da própria Lotus.

Em Urano, Lotus reaparece e diz a verdade. Ela era uma Sentient e que os Grineer estão tentando cavar numa região muito perigosa e que podem acordar algo que pode ser perigoso demais para o sistema porém é tarde demais. Quando uma caverna é encontrada, os Grineer acordam Hunhow, o Sentient destruidor de mundos, o pai da Lotus, e traz o terror Sentient de volta ao sistema.


Segundo Sonho:

Hunhow decide atacar o coração dos Tenno e para isso se alia ao Stalker, dando a ele uma armadura e uma espada feita de seus próprios ossos.

Para caçar Hunhow, a Lotus e os Tenno pedem ajuda a Alad V para procurarem uma relíquia Sentient que pode fazer a Lotus encontrar Hunhow e seu esconderijo. Sabendo da existência do reservatório na Lua, Hunhow engana a Lotus para ir a Urano e entrar em contato com uma antiga parte dele. Como a Lotus é filha de Hunhow e parte dele, Hunhow é capaz de ler a mente da Lotus e descobre que a Lua está escondida no Void. Como um Sentient, Hunhow precisa do Stalker para ir no Void.

Stalker, agora Shadow Stalker, sabota o sistema que prendia a Lua ao Void e devido a mudança iminente de dimensões, a Lua passa a rachar, antes que isso leve a destruição do satélite, os Tenno desativam o sistema e a Lua é enviada de volta a onde estava antes, a órbita terrestre.

Mesmo que isso tenha evitado a destruição de toda a Lua, isso deixou o reservatório exposto e agora é apenas questão de tempo até que Stalker e os Sentients possam destruir o reservatório. Os Tenno então vão até o reservatório antes que as tropas inimigas cheguem.

Ao chegar lá é revelado que o reservatório é na verdade o local onde os Tenno estão escondidos, e através do sonho e da transferência comandam os Warframes a distância. Agora acordados do sonho, o Operador precisa ser levado de volta ao Orbiter, onde uma máquina especificamente criada para a transferência existe. Porém ao chegar no Orbiter, Shadow Stalker já esperava.

Depois de uma batalha, a máquina é religada mas o Tenno fica fraco demais. Quando tudo parece perdido e o Tenno está na mão do Shadow Stalker, o Warframe se move sozinho e quebra a espada War, o atual receptáculo da consciência de Hunhow. Por causa disso, Stalker acaba sumindo. 

No chão o Tenno é resgatado pela Lotus que o coloca na máquina de transferência, assim recuperando a conexão com seu Warframe. A partir de agora o Tenno está completo, o Operador e o Warframe e com seus poderes combinados o verdadeiro poder do Tenno pode ser alcançado.

O Hino de Octavia:

Cephalon Suda passa ter um interesse repentino em música e pede aos Tenno que procurem e construam o Mandacord. Porém Simaris diz que é inútil e um gasto de dados e Suda pede que os Tenno ignorem Simaris, a quem ela se refere como Irmis. Suda parece estar com um pensamento errático, esquecendo de conversas ou tópicos, algo incomum para um Cephalon responsável por manter conhecimento.

Ao chegar em Lua para procurar por partes do hino de Octavia, Hunhow surge na mente de Suda, tentando corrompe-la por dentro para infectar a Weave, o universo feito de dados que todos os Cephalons dividem.

Hunhow pretende destruir o hino e Octavia, o Warframe responsável através da musica e do Mandachord, de coordenar as tropas Tenno em todas as regiões do espaço durante a guerra.

Depois que Hunhow é eliminado da mente de Suda, ela entrega ao Tenno Octavia, o Warframe que Hunhow pretendia destruir.

O Bosque Prateado:

Os Grineer sempre tentaram destruir as grandiosas florestas da Terra. Sempre que construções são feitas na superfície, a floresta encobre tais construções, atrasando e até mesmo parando o avanço Grineer. Agora os Grineer tentam destruir o Bosque Prateado, a floresta mais pura da Terra e por isso Amaryn da New Loka deseja que os Tenno impeçam o avanço Grineer sobre o Bosque Prateado para a construção de fábricas.

A gerações a New Loka tem em sua possessão a receita dos apóticos, que deveriam ser capazes de ativar as defesas naturais do Bosque contra invasores.

A cada apotico usado no santuário criado dentro do Bosque, ele acorda. Porém espectros de Warframes aparecem para defender o Bosque, o que contradiz sua pureza intocada dita pela New Loka.

A verdade é que o Bosque foi criado pela transferência permanente da Archimidian Silvana com a natureza. Silvana era uma bióloga especialista na infestação que tentava curar a Terra de toda a poluição causada pela tecnologia Orokin. Porém Silvana não conseguia nenhum tipo de avanço em sua pesquisa e foi chamada por Margullis para o projeto da Transferência, como uma forma de terapia para ajudar os Tenno. Porém quando Ballas executou Margullis e tomou o projeto da transferência para si, Silvana foi remanejada para a construção de Warframes.

Tomada pela tristeza de construir máquinas de guerra, Silvana entregou Titania para Ballas e durante a construção do Warframe roubou recursos para seu próprio projeto, utilizar a transferência para curar as florestas da Terra. Durante as sessões de transferência com Titania, Silvana sentia uma maldade inata no Warframe, uma presença torturada. Silvana só podia fazer a transferência por pouco tempo já que ela não era uma Tenno.

Depois de fugir para a Terra, Silvana fez a transferência permanente com as arvores do bosque. 

Descobrindo isso, Amaryn desiste de proteger o bosque, dizendo que ele é apenas mais uma abominação da era Orokin e não natural.
Agora sozinhos, os Tenno vão pela ultima vez para o bosque para protege-lo.|

No bosque, ao usar o ultimo apotico, Silvana acorda e reconhece o Tenno não como Titania mas sim como outro Warframe, Amaryn ouvindo isso decide aceitar o bosque como algo unico e protege-lo também.
Depois de todas as tropas Grineer atacando o bosque serem destruídos, Silvana conta que depois que fez a transferência com uma das arvores, os Dax tentaram atacar o bosque a mando dos Orokins, mas Titania destruiu todos e devido aos ferimentos caiu no bosque e morreu. Algo que ela não entendeu pois Titania salvou aquela que a mais odiava. Sua criadora.

Com o bosque salvo, Silvana entrega aos Tenno a diagrama de Titania para que um dia ela possa voar de novo.


Mensagens Ocultas:

Ordis encontra charadas que podem levar a Mirage, um Warframe perdido durante a Antiga Guerra enquanto lutava contra uma horda de Sentients.


Guerra Interior:

Lotus detecta um intruso na área dos reservatórios na Lua, agora abandonados depois que todos os Tenno sairam do Segundo Sonho. Enviados pra lá, os Tenno descobrem que o intruso é na verdade Teshin que esconde os reais motivos do porque está la. Ao fujir, vários espectros de Teshin são enviados para diferentes direções para confundir os Tenno. Visitando cada região para onde os espectros foram, os Tenno chegam a um campo de asteroides com uma estranha porém altíssima proteção.
Hackeando o sistema de defesa, os Tenno descobrem uma gigantesca base Grineer construída em um asteroide, com vários propulsores Fomorian. O forte das rainhas Grineer. Invadindo o forte, os Tenno descobrem que Teshin trabalha como um agente para as Rainhas Grineer, porém contra a vontade.

Como Teshin é um Dax, ele é obrigado pelo próprio sangue a seguir o que as Rainhas dizem por elas terem o Kuva, o sangue Orokin imortal. Teshin ataca os Tenno e imobiliza o Warframe, permitindo assim que a Rainha possa infiltrar na mente do Tenno, tornando-o em um Yuvan para assim terem um corpo jovem e bonito de novo.

Quando a transferência é cortada por Ordis, os Tenno aparecem numa montanha gélida e lá são forçados por Teshin a reaprender o que são os Tenno e assim, depois de atravessarem as ruinas, reaprendem a Transferência sem o uso da máquina no Orbiter. Com novos poderes do Void, os Tenno usam a Transferência a distância e volta para seu Warframe para lutar contra as rainhas.

Depois da derrota, Teshin retorna ao lado dos Tenno mas algo estranho parece surgir dentro do Tenno. Algo ancestral.


A Jogada de Glast:

Ergo Glast pede aos Tenno que ajude a colônia Mycona que teve sua protetora, Meewa, e várias outras crianças sequestradas por Nef Anyo. Sem a protetora, os infestados poderão atacar os Myconianos, os infectando também. Por isso Glast pede que o resgate seja o mais rápido possível.

Depois de proteger a colônia dos ataques dos infestados para ganhar tempo para o resgate de Meewa, a Perrin Sequence e os Tenno se juntam para atacar Anyo onde ele mais é forte, o Index. Depois de várias rodadas vencendo Anyo, ele decide apostar as crianças. Porém se os Tenno perderem, Glast terá que entregar todas as suas posses, títulos Corpus e ações para Nef Anyo.

Quando os Tenno tentam vencer Anyo eles acabam perdendo. Com suspeitas de Anyo está roubando no jogo, os Tenno vão a Plutão para invadir os servidores da Anyo Corp, empresa de Nef Anyo para encontrar os programas responsáveis pelos cheats.

Agora uma ultima vez, os Tenno e Ergo Glast vão contra Anyo no Index. Os Tenno e Glast apostam um Warframe antigo guardado pelos Myconianos em troca das crianças e Meewa. Depois da derrota, Anyo não acredita e tenta vender para o presidente da Perrin Sequence descobertas de minérios nos setores externos, mas Glast decide se retirar para desespero de Anyo.

Porém Lotus decide não entregar Meewa para a colônia. Dizendo que Meewa terá uma vida curta como uma ferramenta para a colônia, Lotus diz que a criança pode ser curada em um relay, mas Glast diz que Meewa deveria voltar para a família dela e que é isso que ela quer.

A escolha do futuro de Meewa fica nas mãos do Tenno.

O Preceito de Jordas:

Um Cephalon desconhecido pede ajuda a todos os outros usando o preceito 44 de ajuda mútua. Ordis recebe o chamado e pede ao Tenno para ajudar o Cephalon Jordas a destruir a infestação que invadiu a sua nave.

Jordas diz que o Golem é extremamente poderoso e que apenas com Pherliac Pods eles podem ter alguma esperança de destruir a infestação, e então desaparece. Agora procurando por tal material, os Tenno vão em diversas regiões infestadas para procurar por materiais necessários para a construção dos pods. Jordas diz que os pods são fracos demais para o Golem e diz que eles precisam ser irradiados com Cristal Argon para se tornarem mais potentes. E que se o ajudarem, ele entregará partes petrificadas de um Warframe que entrou na nave a tempos atrás.

Depois de feito, Jordas entrega as coordenadas de sua nave para ser salvo, porém ao entrar na nave, Jordas contata Ordis e o Tenno de modo agressivo, dizendo que eles não possuem pods o suficiente para a fome do Golem e que os Tenno só estão lá pelas partes do Warframe e não por ele.

De dentro da nave surge Jordas Golem, um gigantesco infestado que usa Jordas como sua mente, Jordas diz que ele não é o único e que o preceito 44 foi uma armadilha para atrair outros para serem mortos.

Com isso a infestação adquire uma nova capacidade de infectar até mesmo Cephalons, mostrando que algo muito mais inteligente está por trás dessa doença.

 

Correntes de Harrow:

Uma transmissão de uma nave da Steel Meridian é enviada para os Tenno e eles são enviados para investigar. Dentro não há nenhuma tripulação e mensagens são escritas com sangue na parede. O motivo do silêncio foi um ataque da Red Veil a Steel Meridian, o que é estranho já que ambos os sindicatos são aliados.

Depois de vagar pela nave os Tenno encontram Palladino, a voz sagrada da Red Veil. Ela diz que a Red Veil está em ruínas e pede proteção dos fanáticos que a perseguem.

Depois de ser salva, Palladino toma residência em Iron Wake, a base da Steel Meridian e explica que Rell, um Tenno expulso por Margullis, era o grande guia da Red Veil e agora desapareceu, deixando o sindicato em um caos completo. Palladino então pede que os Tenno encontrem uma relíquia de Rell que foi roubada.

Mas ao tentar contatar Rell com a relíquia, Lotus nota que as personalidade de Rell está dividida em várias partes, e essas estão se manisfestando de forma violenta devido a divisão da energia da Transferência. Lotus e Palladino possuem diferentes ideia sobre o que Rell passou.

Palladino acredita que Rell viu a verdadeira forma do Void, uma entidade mais antiga que as estrelas, e que algo precisa ser feito para impedi-la.

Lotus por outro lado acredita que Rell tem Doença da Exposição ao Void, uma doença que leva a loucura aqueles que são expostos ao Void por muito tempo. Mas Lotus não entendia como possa ter vivido durante todo esse tempo sem ter ido para o Segundo Sonho. Palladino revela que ele ja teria morrido pela idade se ele não tivesse feito a Transferência Permanente para seu Warframe. Assim Rell poderia ter uma vigia eterna.

Ao ter todas as partes de sua personalidades, Palladino pede que os Tenno destruam o Warframe de Rell, Harrow, para que assim Rell possa ter paz e os outros Tenno tomem seu lugar na vigia contra o Void. Porém ao chegar la o Warframe está possuído por uma entidade antiga agora revelada. O Homem na Parede, conhecido pela Red Veil como a Indiferença. Quando as correntes são destruídas, Harrow também é destruído e agora Rell está livre de sua vigilia eterna.


Prologo da Apostasia:

Os Tenno visitam a Lua e embaixo do Reservatório encontram a Lotus, porém ao mesmo tempo Ballas, o criador dos Warframes aparece. Se desculpando não para a Lotus e sim para Margullis, Lotus o reconhece mas diz que ela não é quem ele pensa. Mas Ballas usa algum tipo de de pulso de energia, e Lotus então tira seu capacete e vai embora com Ballas através de um portal.


O Sacrifício:

Ao encostar no capacete da Lotus, os Tenno tem uma visão de um Warframe e Ballas na Terra, Ballas se refere ao Warframe como Umbra e depois o Warframe é destruído por Sentients.
Os Tenno então decidem ir para a Terra investigar a região para encontrar pistas. Ao chegar lá encontram a Skiajati, uma arma datada antes de qualquer armamento no arsenal Tenno com traços de minerais lunares e várias partes destruídas de um Warframe desconhecido.

Ordis então identifica o Warframe destruído como Excalibur Umbra mas para reconstruí-lo seria necessário mais informações e as evidências encontradas na Skiajati sugerem a Lua como a próxima área de investigação. A investigação sobre Umbra se torna extremamente importante já que o Warframe tentou atacar Ballas mas não conseguiu.

Na Lua, com Sentients Mimicos escondidos para emboscadas, os Tenno encontram um laboratório escondido onde possivelmente Umbra era mantido, no chão há um dispositivo Orokin, um Vitruvian. Nele está gravada todas as informações que Ballas deu a Hunhow. A origem dos Warframes, da Infestação e da combinação Tenno/Warframe. Com o Vitruvian instalado na Orbiter, Ordis passa a poder construir Excalibur Umbra.

Ao tentar a transferência com Umbra, ele ataca o Tenno e foge, mostrando capacidade própria de pensar e agir. O Tenno então encosta em Umbra, tenta de novo a Transferência e consegue obter uma memória.

Nela um homem está em uma cama doente, ao lado dele está Ballas e do outro lado um soldado Dax. O Dax é Isaah, o filho do homem doente. Ballas age como uma pessoa boa mas depois de colocar um dispositivo de transferência no homem, Ballas o ameaça telepaticamente, dizendo que irá matar Isaah.

Umbra consegue escapar mas a sua memória destrava mais uma parte do Vitruvian. Por isso, os Tenno precisam ir atrás de Umbra, para que através das memórias dele consigam abrir o Vitruvian completamente e descobrir os segredos dos Warframes e de Ballas.

Quando a transferência é feita pela ultima vez, o Tenno e Umbra finalmente se tornam um só e a transferência é completada. Agora lutando juntos, vão atras de Ballas. Ballas forçou Umbra a matar seu próprio filho pois Umbra descobriu sobre a traição de Ballas. Como uma forma de punição, Ballas transformou Umbra em um Warframe e o fez matar o próprio filho, mas sem apagar sua memória, o fazendo ser extremamente instável.

Quando Umbra é paralisado pelo poder Orokin de Ballas, o Tenno empurra a espada contra Ballas. Mortalmente ferido, Lotus aparece, agora como Natah em sua forma Sentient, ela leva Ballas para o espaço, mostrando que ambos agora trabalham juntos.


Prologo Quimera:

O Homem na Parede aparece no Orbiter e leva o Tenno ao capacete da Lotus. Ao encostar no capacete, o Tenno é transportado para Lua, onde o Homem na Parede guia o Tenno para o Reservatório e embaixo dele, a Câmara da Lotus e depois disso pelo portal criado por Ballas. O portal leva o Tenno para uma construção Sentient. A prisão de Ballas, agora metade Orokin e metade Sentient, culpando a Lotus pela sua decadência.

Ballas fala sozinho enquanto constrói a espada Orokin Paracesis, a matadora de Sentients, escondido da visão de Natah. Ele então pede que o Tenno relembre o que viu e que reconstrua a espada como sendo a chave que vai terminar a guerra.


Maré Ascendente:


Cephalon Cy pede que os Tenno reconstruam uma antiga nave de batalha Orokin usada pelos Tenno durante a Antiga Guerra, a Railjack, como uma forma de enfrentar a inevitável invasão Sentient ao sistema.

Erra:

Depois de enfrentar as poderosas naves Murex da frota Sentient e destruir um misterioso cristal com a Paracesis, os Tenno tem um flashback da Antiga Guerra, quando Erra tentou atacar a Lua porém foi presumidamente destruído pela Lotus e por vários Tenno usando seus poderes do Void.
Quando acorda, o Tenno agora está dentro de uma nave Sentient, e Erra está conversando com Natah enquanto Ballas está em uma coleira.

Natah conversa com Erra sobre a invasão Sentient. Ballas confirma que a humanidade está dividida e em guerra e os "criadores" ou os Orokins estão mortos, e com isso apenas os Tenno sobram como potenciais inimigos para a invasão. Erra então pede que Natah chame todos os Sentients através de seu "canto", e mesmo com Natah dizendo que os Tenno estão assistindo, Erra diz que não vai importar. Natah então começa a cantar, gerando um gigantesco pulso de energia que termina a visão do Tenno.


Protocolo Deadlock Epílogo:

Parvos envia uma mensagem pra os Tenno depois que sai do Granum Void. Desapontado pelo que os Corpus se tornaram, Parvos Granum diz que os Corpus podem estar podres demais para serem salvos e que talvez uma nova facção seja necessária para corrigir todos os problemas ou que talvez os Corpus ainda podem ser salvos mas que será necessária uma completa limpeza na facção. 

Estendendo uma mão para os Tenno, Parvos mostra que ele pode ser um poderoso aliado contra a ameaça vinda de Tau ou um terrível inimigo caso os Tenno o tentem impedir de retomar o que é dele.


O Chamado de Tempestarii:

Com um comboio de naves Corpus viajando em áreas abandonadas devido a Tempestades do Void, Cephalon Cy envia os Tenno para investigar o motivo da presença Corpus em tal região. Mas rapidamente a situação na área piora. Com uma tempestade do Void próxima de acontecer, a Capitã Vala Glarios chega na região para atacar os Tenno porém ao mesmo tempo uma nave desconhecida surge da tempestade para a surpresa de Glarios.

Depois da fuga da região, Cy pede que os Tenno infiltrem uma nave Corpus e procure em seus arquivos os dados navais da Era Orokin para descobrir o nome da nave desconhecida.
Depois da invasão a nave é reconhecida como a Tempestarii, uma Railjack focada no resgate de outras naves dentro do Void que foi perdida durante uma tempestade de magnutide nunca vista.
Depois de contactar a Tempestarii com sucesso, os Tenno são convidados para ir a bordo onde encontram a Sombra de Sevagoth, sem o Warframe. Agora na procura pela ultima missão de resgate, os Tenno precisam ajudar a sombra, porém a nave de Vala Glarios chega próxima a Tempestarii e a captura.

Com a nave presa, os Tenno invadem a estação que esta rebocando a Tempestarii e destroem o raio trator. Com a nave livre, os Tenno a pilotam num ataque contra a nave de Vala Glarios. No momento preciso, a Tempestarii cria um gigantesco portal do Void que engole a nave de Glarios.

Agora livre, a Tempestarii entra no portal para fazer seu ultimo resgate, salvar o casulo onde está Sevagoth. Agora a sombra pode voltar para Sevagoth e ele pode finalmente morrer, com o seu corpo tendo o funeral adequado, para sempre vagando no espaço.

Vala Glarios acorda no Granum Void e é recebida por Parvos Granum, que a chama de irmã. Agora Vala Glarios faz parte das Irmãs de Parvos.


?????????:


Erra diz a Natah que a sua mãe está morta e que apenas ela pode terminar a guerra já que Natah tem a chama de sua mãe. Natah porém parece confusa e diz que viu Erra morrer na mão dos Tenno em Lua. Erra diz que isso foi culpa dos Orokin e que o que eles fizeram com ela é que causam os lapsos de memória. Porém Natah não acredita e diz que tem certeza que Erra está morto e aponta para Ballas perguntando se ele é um Orokin.

Erra então diz para Natah terminar a guerra e a empurra em um pedestal, larga a coleira e agora ambos Erra e Ballas, agora de pé,  ficam lado a lado, vendo Natah se contorcer.

LINHA DO TEMPO:

Considerações:

Warframe tem uma das lores mais complicadas de se entender, e o grande motivo são os mistérios que são criados especificamente para que falte partes de um quebra cabeça gigante, e a falta de datas para acontecimentos específicos, isso torna o trabalho de saber o que veio antes ou depois bem difícil. Então eu colocarei datas na linha do tempo porém saiba que essas datas não são certas e só estão lá para ficar mais facil entender a linha de acontecimentos. Irei começar com números redondos para ser mais facil de todo mundo entender o que está acontecendo.

O núcleo dessa linha do tempo é o mesmo de 2016, porém com vários outros acontecimentos adicionados e outros modificados agora que nós temos mais  informações sobre certas coisas:

Era Orokin:

Spoiler

Ano 2000: Depois das "guerras de radiação", os humanos parecem ter se juntado sob uma única bandeira. Formando o que se tornaria o Império Orokin, focado na exploração do sistema Origem e do espaço.

Ano 5000: Com uma tecnologia extremamente evoluida, os Orokin atingem o limite máximo da tecnologia espacial. Em um beco sem saida para a exploração extrasolar ou intergalática, os Orokins tem um tempo fixo devido a vida limitada do Sol. Algo que antes era impensável para humanos normais com vidas finitas, os Orokins, agora imortais devido ao Kuva, são capazes de sobreviver mais que as estrelas, tornando a exploração espacial e até interdimensional algo absurdamente importante para a sobrevivencia do Império.


Ano 7000: O Void é descoberto depois da refinação dos modelos cosmológicos sobre a deriva da matéria em escalas supergaláticas. Espaços que não possuem matéria depois de observadas atentamente levam a descoberta de uma nova dimensão que pode resolver o problema Orokin no campo espacial.


Ano 10500: A exploração do Void é abandonada. Centenas de anos de pesquisa levaram a nenhum tipo de descoberta no campo espacial, as leis da física não fazem sentido no Void e logo a pesquisa e a exploração dessa dimensão se torna esquecida pelo Império.

Ano 12000: Albrecht Entrati decide começar sua pesquisa pelo Void com atento olho dos outros Orokins sobre o que pode ser encontrado.

Ano 15000: Albrecht Entrati entra no Void pela primeira vez e encontra o Homem na Parede, tentando fugir, os dedos da entidade são cortados. Se antes uma figura considerada como uma piada, Albrecht prova para o Império que o Void é um lugar que pode dar mais aos Orokins que eles pensavam.

Ano 15500: Albrecht Entrati e sua pesquisa dos pedaços do Homem na Parede levam a descoberta que o Império sempre procurou. O uso da energia Void para viagens mais rápidas que a luz.


Ano 25000: Os trilhos solares são construidos e agora praticamente toda nave Orokin viaja mais rápido que a luz usando os portais do Void criados pelos trilhos para viajar quase instantaneamente entre os planetas dos sistema Origem, levando a colonização extremamente rápida do Sistema Origem.

Ano 30000: A tecnologia Orokin usando a energia Void agora é usada para todos as aplicações no sistema. Com isso a terraformação de planetas distantes se torna facil e os Orokins agora possuem controle até mesmo das regiões mais distantes do sistema, com a exploração de recursos em todas as regiões a todo vapor.


Ano 40000: Corposium, a primeira cidade Corpus, é construida por Parvos Granum.


Ano 45000: Os Orokin consideram os Corpus um culto mercante que vai contra aos ensinamentos Orokins. Agora praticamente em guerra, o avanço da tecnologia de armamento Corpus criada por Parvos Granum praticamente rivaliza a dos Orokins.


?50000: O Império Orokin chega ao limite, como um Império auto sustentável e com alta expectativa de vida, os Orokins consomem maior parte dos recursos do Sistema Solar, chegando a um ponto de colapso, é decidido que os Orokins viajariam para o sistema Tau Ceti, a estrela parecida com o Sol mais próxima. Porém a viagem seria impossível para os Orokins mesmo com sua tecnologia. Archimedians passam a se dedicar a projetos que permitam a viagem.

50000-50500: Muitos projetos, inclusive o Projeto Crewman são cancelados e os criadores mortos. Archimedian Perintol cria uma criatura capaz de se multiplicar e adaptar a qualquer coisa que as fira, o conselho de Executores aprova o projeto para enviar essa forma de vida como uma tripulação para construir os Solar Rails que pavimentariam a viagem Orokin até Tau, os Sentients são criados.

51500: A nave Zariman 10-0 desaparece depois de tentar usar os Solar Rails para chegar a Tau, toda a tripulação da nave é dada como morta.

51800: Os Sentients atacam Outer Terminus, iniciando a guerra contra os Orokins.

51900: Os Orokins ficam acuados, sofrendo baixas imensas na guerra e tendo suas tecnologias inutilizadas contra os Sentients, os Orokins criam a infestação e decidem usa-la contra os Sentients. Porém a infestação não pode infectar seres sintéticos, o que leva a infestação a destruir grande parte da população Orokin e infectar planetas inteiros. A Terra é tomada pela infestação, a grande praga inicia.

51950: A primeira onda de soldados construídos especificamente para enfrentar os Sentients são criados. Construidos pela família Entrati, o Necramech é produzido em grande quantidade, capaz de utilizar energia e armamento Void para causar extremos danos as tropas Sentient.

52000: Os Necramechs são abandonados devido a sua limitada inteligência, tal limitador era extremamente importante devido ao pulso das Orphix que eram capazes de interferir e destruir qualquer outra coisa mais tecnológica.

52025: A segunda onda de soldados anti-sentient é criada. Os Warframe, feitos de pessoas infectadas com uma nova cepa do vírus entra em testes porém são praticamente abandonados logo em seguida, já que a nova cepa não impedia o controle da mente de colmeia infestada de tomar a mente dos Warframes. Eles são descomissionados em pouco tempo.

52050: A nave Zariman 10-0 é avistada a deriva, toda a tripulação havia desaparecido, apenas as crianças sobraram, porém com mutações e poderes incontroláveis, as crianças são isoladas e tratadas como experimentos.

52050-?52075: Após várias mortes e várias tentativas fracassadas de controlar o poder. Margulis descobre um modo de controlar o poder dos Tenno, usando um estado de sonho, as crianças poderiam controlar seus poderes, na tentativa de evitar que as crianças fossem usadas como armas, Margulis é executada e as crianças são enviadas para a Lua para pesquisas.

?52080: Orokin Davis descobre uma relação entre infestados e os Tenno, usando o projeto de Margulis, a Transferência é usada para transferir a mente do Tenno para um corpo secundário, o Warframe, permitindo que o Tenno tenha controle total de seus poderes. Ballas passa a construir Warframes para diversas finalidades. Os Tenno passam a ser usados como armas, mudando o cenário de batalha e revertendo a guerra.

52085: Os acontecimentos da Quest Bosque Prateado acontecem. Silvana passa a trabalhar na produção de Warframes e depois foge para a Terra

52090: Natah é enviada ao Sistema Origin para derrubar o Império Orokin, se aproximando dos Tenno. Os Corpus planejam atacar o império Orokin durante a guerra, usando fábricas remotas para criar um exército de robôs.

52100: Os acontecimentos da quest Mensagens Ocultas acontece, Mirage é capturada em uma batalha contra os Sentients e depois destruída.


52110: Parvos Granum é dado como morto depois de uma sabotagem falhar o motor Void de sua nave.


52120: Ballas decide trair os Orokins e vazar informações sobre os Tenno, a Lua e os Warframes para Hunhow, o líder Sentient. Porém ele é


52125: Os Sentients planejam uma falsa derrota enquanto Natah destrói o Império Orokin por dentro


52150: Os Sentients são supostamente derrotados e a guerra termina, durante a cerimônia do fim da guerra, os Tenno matam todos os Imperadores e Orokins de alta patente, levando o Império Orokin ao fim. Durante o caos, os Grineer se rebelam, sequestram alguns Orokin, roubam naves e armas e fogem para colônias afastadas. Os infestados atacam grandes centros metropolitanos Orokin, os Tenno ficam para atacar a infestação e a extermina-la do sistema.

- Deimos é tomado pela infestação e nenhum Tenno ou Dax aparece para ajudar.

- Os acontecimentos da Quest Areias de Inaros acontece. Inaros ataca um esquadrão Orokin em Phobos, impedindo que eles levassem crianças para e então desaparece.

- Erra ataca a Lua em um ataque suicida porém é destruído por Lotus e os Tenno

- Gara destroi um gigantesco Sentient que ameaça a torre Unum na Terra e logo depois Revenant é enviado para impedir seu renascimento

- Grendel ataca a cidade de Riddha, em Europa, matando um dos Executores Orokins que fugiu da execução e destruindo a cidade.

- Gauss ataca a torre Orokin de Altra, em Ceres, que foi tomada por soldados Dax que mataram seu lordes Orokins mas mantiveram os abusos contra a população.

- Para evitar ser morto, Nihil se vitrifica e se esconde na weave Cephalon.

- Os Tenno exterminam a infestação e são colocados no segundo sonho por Natah, que trai os Sentients e envia a Lua para o Void. Os Warframes são escondidos em capsulas criogênicas. Os Sentients que forjaram a própria destruição são selados em tumbas.


52150-52500: Os Archimedians, Corpus e Orokins restantes formam pequenas colônias voltadas para venda de sucata da guerra. Com o tempo as colônias recuperam parte da tecnologia Orokin perdida e se fundem, criando a primeira geração da facção Corpus.

- Rell decide fazer a transferência permanente para seu Warframe para manter uma vigilia eterna contra o Homem na Parede e a Red Veil é criada.

- Enquanto isso, Grineers atacam outras colônias para expandir seu império, usando tecnologia Orokin inacabada para se clonarem e gerar exércitos imensos.

52750: A Necralisk cai e Deimos é totalmente dominado pelos infestados se tornando uma região aparentemente inabitada.

52200-52900: Os Grineer enfrentam as gêmeas Orokin e depois de anos lutando os Orokins desistem e juram lealdade a elas, a tornando rainhas.

60000: Os acontecimentos da Quest Areias de Inaros acontecem, o Império Grineer ataca as colônias de Phobos, todos são mortos, Baro Ki'Teer é o único sobrevivente conhecido.

65000: Os Tenno acordam do sono criogênico, iniciando a era atual.
 

Era Atual:

Spoiler

65000: Os eventos da quest Recompensa de Vor acontecem, os Tenno acordam em vários lugares do sistema para lutar contra o domínio Grineer. 

Os eventos da quest Uma Vez Acordado acontecem. Depois de experimentarem com tecido infestado, Doutor Tengus acidentalmente libera o vírus Tecnocyte, forçando os Tenno a agir.

Operação Slingstone: Os Grineers iniciam a construção das naves Fomorian e planejam atacar os Corpus em poucos dias. Os Tenno decidem sabotar as Fomorians para evitar uma expansão rápida do Império Grineer.

Operação Arid Fear: Depois do ataque das Fomorians, os Tenno decidem atacar os Corpus, que possuem informações sobre assentamentos Grineer ocultos em Phobos.

O Lobo de Saturno Seis foge da prisão, acompanhado de outros detentos, ele viaja pelo sistema causando terror e caçando o Grineer que comandava a prisão.

OS Corpus então vendem a informação para o Lobo depois que ele atacou tropas Corpus mas como uma armadilha, Alad V o prende e decide usa-lo para atacar os Tenno, porém ele se liberta e ataca os Corpus. Agora com paradeiro desconhecido, o Lobo vaga pelo sistema atacando suas vitimas com a sua alcateia.

Corpus e Grineer disputam o controle de Marte, os Grineer atacam colônias Corpus para tentar enfraquecer o Império, por outro lado os Corpus encontram grandes quantidades de Warframes, que seriam usados para criação de armas mais poderosas. Os Tenno decidem tomar partido no conflito. O Dilema Gradivus é iniciado.

Depois da derrota Corpus em Gradivus, é descoberto que Alad V estava dissecando um Warframe capturado de codinome "Valkyr", Frohd Bek, um dos líderes Corpus, decide entregar o local do laboratório de Alad V em troca da ajuda Tenno. A Caçada por Alad V começa.

65001: Os Grineer decidem colonizar a Terra, tomada por plantas gigantes Orokin, usando a toxina Cicero, se conseguirem, os Grineer teriam acesso a tecnologia perdida na Terra, aumentanto seu poderio militar, a Crise Cicero inicia.

Após o fracasso das Fomorians, Vay Hek inicia a construção da nova classe Balor Fomorian, numa tentativa de destruir os Corpus e dominar todo o sistema, Os Corpus cancelam o contrato de venda de armas para os Grineer e declaram guerra. A Maldição Tethra é iniciada mas os Tenno fracassam em destruir os núcleos Fomorian principais.

Alad V retorna, modificado pelo vírus Tecnocyte, usando naves Corpus abandonadas como colmeias de infestação para atacar os Corpus e Grineer. A Operação Terras da Procriação se torna iminente, ao impedirem as naves, os Tenno vão atrás de Alad V na Operação Incursões Mutalist e descobrem seu laboratório em Éris, nos limites do sistema. Ao reduzir a quantidade de novos infestados criados por Alad na área, os Tenno atacam diretamente Alad V na Quest Paciente Zero.

65002: Baro Ki'Teer contata os Tenno com informações sobre os protótipos Archwing e que essa tecnologia seria extremamente necessária nas próximas batalhas. As Fomorians retornam e atacam massivamente a frota Corpus em várias partes do sistema.

Maroo pede ajuda à Lotus para salva-la dos Grineer, levando os Tenno a uma busca da máquina arcana em uma nave Orokin abandonada na quest Sonhos Roubados. Depois Chroma e outra máquina arcana são avistadas e o Cephalon Simaris se revela aos Tenno na quest O Novo Estranho.

As Fomorians partem para atacar os relays, os Tenno usam Archwings para atacar diretamente as Fomorians e evitar a destruição dos relays na Operação Olhos Destrutivos. Com transmissões interceptadas, Lotus descobre sobre os laboratórios de Tyl Regor escondidos em Urano, porém Alad V contata os Tenno, pedindo que as pesquisas de Tyl Regor sejam preservadas para que Alad crie uma cura para a infestação, por outro lado, Nef Anyo pede aos Tenno para destruir a cura e deixar Alad V á morte. A Operação Tubemen of Regor inicia.

Tyl Regor acredita que encontrou uma tumba onde os Sentients foram enterrados, durante a quest Natah, Hunhow, o Sentient destruidor de mundos acorda, colocando em risco todo o sistema Origem.

65003: Na quest Segundo Sonho, Hunhow se alia a Stalker para atacar o coração dos Tenno, o Reservatório, no Void. Os Tenno se aliam a Alad V, agora curado da infestação e partem para impedir Hunhow e Stalker, revelando a Lua Orokin perdida no Void e o segredo dos Tenno. Depois, os Acolytes, seguidores da mentalidade deturpada do Stalker, decidem atacar Alad V a mando de Hunhow. Alad V cobra o favor que os Tenno deviam e pede para que seja protegido dos Acolytes dando início a Operação Shadow Debt.


A Operação Rathuum é iniciada e os Tenno atacam diretamente Khela de Thaim em Sedna para ajudar a Steel Meridian a resgatar Grineers desertores.

65004: Desertores Grineer chamados Kavor são procurados por Sargas Ruk mas acabam sendo atacados pela infestação. A Operação Pacifism Defect é criada para salvar os Kavor antes que estes sejam infectados ou mortos por Sargas Ruk.

Operação Ambulas Reborn é criada quando Frohd Bek usa o projeto do processador Amino criado por Ergo Glast para modificar o robo de combate Ambulas para um nivel de inteligencia nunca antes visto.

Um meteoro infestado cai nas planícies de Eidolon. os ostrons então convocam os Tenno para enfrentar uma ameaça que pode levar a extinção da vida na Terra, a Operação Plague Star é iniciada.

65005: A Steel Meridian cria o Projeto Pyrus para a reconstrução de Relays destruidos durante a Operação Eyes of Blight, enquanto Sargas Ruk pretende impedir a reconstrução para evitar o aumento de tropas Tenno em regiões Grineer e o fortalecimento da causa anti-Grineer no sistema.

65006: Operação Buried Debts é iniciada depois que a Orb Exploradora é vista andando em Orb Vallis. Os Tenno agora precisam descobrir sobre o Deck 12. A antiga casa da Solaris United, destruida pela Orb depois que Nef Anyo descobriu sobre as operações anti Corpus da Vox Solaris na colônia.

Operação Hostile Mergers é criada quando é descoberta uma aliança entre Alad V e os Sentients. Como uma aliança dessa pode levar a destruição do sistema, os Tenno se unem para se aproveitar de uma falha no sistema de segurança de Alad V para destruir seus planos.

Arlo surge de Eris e depois de conseguir um numero imenso de seguidores, os infecta e envia uma onda gigantesca de infestados através de naves abandonadas para todo o sistema.

Parvos Granum surge do Granum Void, agora retomando sua facção, os Corpus, Parvos sugere uma aliança com os Tenno para enfrentar a ameaça Sentient.

65007: Os Sentients iniciam sua invasão ao sistema Origem. Para primeiro preparar o terreno e colher informações eles lançam as Murex e para a primeira invasão eles usam as Condrix para descer tropas na Terra. A Operação Scarlet Spear é criada como uma força tarefa para impedir a invasão Sentient a Terra e o domínio da Veil Proxima pelas Murex.

65008: Os Sentients iniciam a segunda invasão. Ensinados por Natah como usar as Orphix para interferirem no funcionamento dos Warframes, os Tenno agora precisam usar os Necramechs para impedir que os Sentients ganhem terreno na guerra.
Porém enquanto a batalha acontece, Natah envia várias mensagens em código para os Tenno dizendo que está morrendo.

Nihil ressurge, atacando diferentes pessoas de diferentes facções, os transformando em vidro. Os Tenno então iniciam uma investigação com Nora Night para encontrar o culpado e depois descobrir porque Nihil retornou agora e o porque ele está atacando.

Depois de sequestrar Norah Night, Nihil pretendia utilizar um equipamento ligado a rádio Nightwave para transformar todos em vidro porém é capturado e preso denovo na Oubliette, sua prisão de vidro eterna.
 


Conclusão: 

Essa thread demorou uma semana ou duas pra ser feita. Sinceramente eu não sei porque minha noção de tempo é horrivel. Como a ultima thread foi feita em 2016, tinha muita coisa para ser atualizada então eu posso ter errado algo ou até esquecido de colocar um monte de coisa. Qualquer coisa é só me falarem que eu arrumo

Edited by --F--NerevarCM
Parte repetida deletada
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Nossa jovem que trabalho incrível, já tinha lido o outro tópico diversas vezes sempre esperando o dia que iria atualizar o post e finalmente o dia chegou, baita trampo que você teve pra criar esse livro sagrado em, meus sinceros parabéns pelo trabalho e pela ajuda que isso da na comunidade, pra quem gosta da lore do warframe e não queria ficar juntando as partes nas wiki, agora tem uma boa fonte, novamente meus sinceros parabéns

Link to comment
Share on other sites

1 minute ago, Akaston said:

Nossa jovem que trabalho incrível, já tinha lido o outro tópico diversas vezes sempre esperando o dia que iria atualizar o post e finalmente o dia chegou, baita trampo que você teve pra criar esse livro sagrado em, meus sinceros parabéns pelo trabalho e pela ajuda que isso da na comunidade, pra quem gosta da lore do warframe e não queria ficar juntando as partes nas wiki, agora tem uma boa fonte, novamente meus sinceros parabéns

Brigadão mano. Quem me tirou do sono profundo mesmo foi o @FaeuUw. Ele que me pediu pra atualizar kkk. Se quiser postar em algum outro lugar, não tem problema. Eu ainda to editando umas coisas pra colapsar o texto melhor na parte de facções que eu fiz uma zona na hora de escrever. Mas ainda hoje deve ficar pronto.

Obrigado pelas palavras

Link to comment
Share on other sites

  • 4 months later...

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share

×
×
  • Create New...